PolíticaRondônia

Mulheres agradecem deputado Cirone Deiró pela criação da semana estadual da mãe atípica

A promoção e execução de políticas públicas de proteção às mães de filhos com deficiência são algumas das ações a serem realizadas

“A iniciativa do deputado Cirone Deiró em aprovar um projeto de lei que institui a Semana Estadual da Mãe Atípica vai abrir caminhos para o surgimento de políticas de acolhimento e atendimento para as mulheres que enfrentam as dificuldades em ter um filho com deficiência”, afirmou Flaviana Tertuliana, ao entregar ao parlamentar, do Movimento Mães Coragem Indesistíveis, em reconhecimento ao seu compromisso em defesa dos direitos das mães atípicas e da aprovação do projeto.

A líder do Movimento de Mães estava acompanhada por Edilza Alves, Rejany Reateque Correa e pela representante do Centro Multidisciplinar Movidos Pelo Amor ao Autismo, Imoni Lopes Marinho Braz. Todas elas são mães de filhos com deficiência.

De acordo com o deputado Cirone, as mães atípicas precisam ser acolhidas por meio de uma rede de políticas públicas de apoio e cuidados. “É necessário dar visibilidade a essas mulheres que quase sempre assumem integralmente a responsabilidade para com os filhos que nascem com deficiência. Elas renunciam à carreira profissional, à vida social e às relações afetivas em prol dos cuidados maternos”, afirmou o parlamentar, ao defender em plenário a aprovação do projeto que cria a Semana Estadual da Mãe Atípica, a ser realizada, anualmente, na terceira semana do mês de maio.

Na justificativa do projeto, o parlamentar apresentou dados de um estudo realizado pelo Instituto Ápice Down, onde 80% das famílias de pessoas com deficiências, são as mães as responsáveis pela criação dos filhos. Segundo ele, a sobrecarga diante das novas responsabilidades impõe a essas mães sentimentos como incerteza, tristeza e desamparo. “Rondônia tem essa dívida para com as mães atípicas que ao longo dos anos travam uma luta solitária”, destacou.

Cirone disse que a aprovação da Semana Estadual da Mãe Atípica vai criar espaços onde elas possam ser ouvidas, trocar experiências e amenizar suas angústias, além de incentivar o surgimento de redes de auxílio com a participação do governo e da sociedade. “É nossa responsabilidade fazer o acolhimento das mães atípicas. Acredito que essa iniciativa também fortalecerá o processo de inclusão dessas mulheres na sociedade”, defendeu.

 

Apoio às mães atípicas 

Durante reunião com as mães, Cirone Deiró informou que vai acompanhar a implantação e execução da lei junto ao governo do estado. Ele também colocou seu gabinete à disposição das mães atípicas para fortalecer o movimento de apoio a essas mães no estado. Entre as ações propostas com a criação da Semana Estadual da Mãe Atípica, a prioridade será incentivar a promoção de políticas públicas de proteção às mães de filhos com deficiência.

Além de estimular a capacitação dos servidores públicos estaduais da área de saúde e assistência social para o acolhimento, diagnóstico e tratamento de doenças emocionais que podem surgir decorrentes da maternidade atípica; fomentar encontros, seminários, conferências e fóruns de debates com temas de relevância social tendo como foco central a maternidade atípica; além de incentivar a realização de concursos, oficinas temáticas, cursos e afins.

Para Imoni Lopes Marinho Braz, todas essas atividades aprovadas na lei que cria a semana estadual da mãe atípica abrem novas perspectivas para essas mulheres. “Atualmente, não há políticas de prevenção à saúde dessa mulher que se tornou mãe atípica, não há políticas públicas que promovam uma ressignificação da vida profissional dessa mulher, ela é esquecida, abandonada as consequências de uma vida sobrecarregada e solitária”, alertou.

Mulheres agradecem deputado Cirone Deiró pela criação da semana estadual da mãe atípica

Mulheres agradecem deputado Cirone Deiró pela criação da semana estadual da mãe atípica

 

Fonte: DECOM/ALE

Artigos relacionados

Sua opinião é muito relevante para nós do site Roagora

%d blogueiros gostam disto: