GOV 01 09
ALE 01 09

UNIFACIMED promove palestra sobre sexualidade para comunidade surda

22 setembro, 2021

As ações fazem parte do Setembro Azul, mês da visibilidade da Comunidade Surda Brasileira


No último fim de semana, acadêmicos de fisioterapia e membros da Liga Acadêmica de Fisioterapia na Saúde da Mulher (LAFISMU), organizaram uma palestra no teatro Municipal Cacilda Becker, em Cacoal, voltada exclusivamente para a comunidade surda. A feira de sexualidade, como foi intitulado o evento, teve como objetivo promover às pessoas surdas de Cacoal e região um espaço para discutir e tirar dúvidas sobre saúde sexual e reprodutiva, e seus desafios.

UNIFACIMED promove palestra sobre sexualidade para comunidade surda

“Nossa intenção foi levar essa abordagem da anatomia do corpo tanto masculino quanto feminino, dos métodos contraceptivos e principais doenças sexualmente transmissíveis, planejamos algo bastante visual, para que pudéssemos acessar esse público”, explicou a professora e fisioterapeuta especialista na saúde da mulher, Sabrina Peviani Messa.

A ação foi realizada em comemoração ao mês da visibilidade da Comunidade Surda Brasileira, conhecido como Setembro Azul, que é marcado pela conscientização sobre a acessibilidade e a comemoração das conquistas obtidas pela comunidade surda ao longo dos anos.

De acordo com a acadêmica, Vanessa Ozeas Rosa, ainda há uma falta de comunicação e informação sobre sexualidade com a comunidade surda. “ Muitos ainda não tiveram acesso a esse tipo de assunto ou não foram orientados como deveriam. Por meio de um intérprete de libras, tivemos a oportunidade de passar conhecimento e tirar as dúvidas que eles tinham”, destacou a estudante.

Além da palestra, o grupo também realizou outros atendimentos na Escola Estadual Clodoaldo Nunes de Almeida, como bioimpedância, testes rápidos e consultas médicas. A ação contou com a parceria da Fundação de Cultura de Cacoal (FUNCCAL), Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Cacoal (APASA), Ministério dos Surdos Adventistas (MAS) e Secretaria de Saúde de Cacoal (SEMUSA).

Fonte: Aline Boone (Assessoria de Imprensa/UNIFACIMED)

Roagora Fanpage

Comentarios