ALE 01 09
GOV 970x250 02 12

UNIFACIMED promove julgamento simulado para acadêmicos de Medicina

26 novembro, 2021

A atividade teve o objetivo de despertar para o zelo de conduta no exercício da profissão


Os estudantes do 7º e 8º períodos do curso de Medicina do UNIFACIMED participaram de um Júrí Simulado promovido pela Instituição e pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (CREMERO). A simulação aconteceu no auditório do Centro Universitário, na última segunda-feira (22).

O Júri Simulado é baseado em situações de julgamentos, uma forma dos estudantes entenderem na prática como um médico é julgado em casos de infração do código de ética profissional. A atividade teve o objetivo de despertar para o zelo de conduta no exercício da profissão, mostrando como funciona a denúncia e todo o rito processual de uma denúncia ética, bem como as consequências em caso de condenação.

“O evento foi apresentado em dois momentos distintos, sendo a primeira parte teórico-profissional, na qual foram explicadas as fases de um processo ético-profissional e os limites da publicidade médica e, em uma segunda etapa, o julgamento de processos ético-profissionais pelo CREMERO, no qual os acadêmicos puderam deliberar, aos moldes de uma sessão de julgamento, processos envolvendo situações médicas”, explicou o professor do UNIFACIMED, Silvio Cesar Albernaz Faria.

A simulação contou com a presença do presidente do CREMERO, o médico Robinson Yaluzan, e do advogado Felipe Crevelaro. O Conselho Regional demonstrou a importância da legislação ético-profissional aos acadêmicos de medicina na vida profissional.

Durante a atividade, os estudantes puderam atuar como denunciante, denunciado, relator, revisor e conselheiros.  “Foi realmente gratificante ajudar na organização e participar desse evento incrível.  Pude colocar em prática os conteúdos que estudamos em Ética Médica e, ainda, consegui sentir como é estar no papel de denunciada e também revisora, parte ativa na decisão da penalidade. Espero que essa prática continue nos próximos anos para que outros alunos vivam tamanha experiência”, destacou a estudante de medicina, Monique Borges da Cunha.

Fonte: Aline Boone-Assessoria de Imprensa/UNIFACIMED

Roagora Fanpage

Comentarios