GOV 01 09
ALE 01 09

Policial civil é preso por estuprar a própria filha em MT

9 outubro, 2021

Um investigador da Polícia Civil foi preso, nesta sexta-feira (08), acusado de estuprar a própria filha de 14 anos. O servidor está lotado na Delegacia de Sinop, mas estava de férias, no município de Nova Mutum (240 km da Capital), onde foi preso.

Policial civil é preso por estuprar a própria filha em MT

A prisão ocorreu em ação da polícia em conjunto com o Ministério Público Estadual (MPE).

O fato foi denunciado no início do mês de outubro ao MPE, que encaminhou o procedimento para o órgão policial em Sinop, dado que o investigador era lotado na cidade.

Após a comunicação, foi instaurada uma investigação conjunta entre Ministério Público e Delegacia Regional de Sinop para apuração dos fatos.

Diante dos indícios de materialidade delitiva, foi decretada a prisão preventiva do policial, cumprida na manhã desta sexta-feira em Nova Mutum, onde o investigador foi encontrado na casa de um familiar.

LEIA TAMBÉM:

Pai encontra filho de apenas 2 anos morto na piscina de residência

Corpos são jogados em encruzilhada da morte e população fica aterrorizada; veja vídeo

Adolescente bate moto contra ônibus durante ultrapassagem e morre

Adolescente de 16 anos morre em colisão frontal na BR-425

Mulher é estuprada por homem que conheceu em aplicativo

Carretas pegam fogo após colisão no interior; dois ficam feridos

Pastor estupra própria filha e crianças de 2 anos e 11 anos

Criminoso com metralhadora morre após troca de tiros com a PM

Ele foi encaminhado à Delegacia Regional de Nova Mutum para as providências cabíveis e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

A Corregedoria da Polícia Civil foi comunicada dos fatos para instauração dos procedimentos em relação ao policial.

Fonte: Repórter MT

Roagora Fanpage

Comentarios