Mais de nove mil matrículas em cursos profissionalizantes foram realizadas em Rondônia em 2021

31 dezembro, 2021

A educação profissional em Rondônia registrou significativo avanço em 2021. Isso devido as ações desenvolvidas pelo Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional (Idep), que já oportunizou mais de nove mil matrículas em cursos gratuitos de profissionalização, realizados em todo o estado de Rondônia, em aulas presenciais e remotas.

Mais de nove mil matrículas em cursos profissionalizantes foram realizadas em Rondônia em 2021

As capacitações oferecidas representam oportunidades, mais empregabilidade e empreendedorismo, além da tornar possível a reconversão profissional, para preparar e atualizar os cidadãos às novas demandas do mercado de trabalho, com o intuito de proporcionar geração de renda e melhoria no desenvolvimento social e econômico do rondoniense.

Em todo o Estado, de janeiro a novembro de 2021, foram matriculados 8.919 alunos em cursos de qualificação, com até 400 horas de aulas, e 347 nos cursos técnicos, com carga horária a partir de 800 horas. Nos cursos presenciais, disponibilizados em diversos municípios, para as aulas teóricas e práticas, os alunos foram abastecidos com materiais didáticos, equipamentos de proteção individual, apostilas e insumos completos.

ESCOLAS SOBRE RODAS

Com o objetivo de agregar valor à expansão e interiorização da educação profissional, com parcerias municipais, o Governo de Rondônia investiu em quatro Escolas Móveis – Educação sobre Rodas. O projeto das Escolas Móveis faz parte do Plano Estratégico do Governo de Rondônia e contribuirá com a implantação do quinto itinerário do novo ensino médio.

Pensadas para atender o Estado de forma personalizada, as escolas foram escolhidas a partir de um diagnóstico realizado em todas as regiões de Rondônia, sendo uma alternativa estratégica à imobilização em local fixo.

As escolas de Frigorífico e Piscicultura; e de Máquinas Agrícolas estão relacionadas à vocação do Estado para a agricultura, pecuária e criação de peixes. As escolas de Imagem Pessoal; de Panificação e Confeitaria foram pensadas para impulsionar o empreendedorismo e a geração de renda, com cursos que capacitam para a mão de obra artesanal e profissional.

Os cursos têm currículo associado: teoria e prática, em ambiente totalmente técnico e inovador, com acessibilidade para pessoas com necessidades especiais.

AULAS INAUGURAIS

Em outubro deste ano, ocorreu a aula inaugural da Escola Móvel de Máquinas Agrícolas, em Ariquemes. O evento reuniu os primeiros 60 alunos, autoridades e munícipes, além de ações agregadas da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran-RO).

Em novembro, ocorreram as aulas inaugurais em Pimenta Bueno, da Escola Móvel de Frigorífico e Piscicultura; e em Vilhena, da Escola Móvel de Imagem Pessoal, com disponibilidade para 60 alunos cada. Também estiveram nos eventos autoridades dos municípios e cidades próximas, alunos de escolas estaduais, empresários, profissionais do setor e servidores públicos interessados nas ações.

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

Para conhecer em detalhes os planos e ações do Ministério da Educação para o setor da Educação Profissional e Tecnológica, representantes do Idep estiveram na Semana Nacional da Educação Profissional e Tecnológica, que ocorreu no mês de setembro de 2021, em Brasília.

Dentre os objetivos do encontro, o Idep focou nas ações de estímulo ao uso da Educação Profissional e Tecnológica para facilitar a entrada dos jovens no mercado de trabalho por meio da implementação do itinerário da formação técnica e profissional no ensino médio e da oferta de cursos em consonância com o setor produtivo.

VISITA DO MEC

Além da capacitação com excelência, o Idep se prepara para realizar a certificação de competências profissionais, e esse foi um dos tópicos abordados por uma comissão da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), em visita ao Estado de Rondônia para tratar sobre o Sistema Nacional de Reconhecimento e Certificação de Saberes e Competências Profissionais (Re-Saber). O programa visa ofertar certificação profissional gratuita a trabalhadores que possuem conhecimento adquiridos ao longo da vida, fora do ambiente escolar formal, e podem receber documentação que comprove tal habilidade, de forma legalmente instituída no Brasil.

Além disso, a comissão conheceu mais sobre a política pública de educação profissional do Estado de Rondônia, com foco nas ações flexíveis de profissionalização.

AÇÕES AGREGADAS

As ações de educação profissional e capacitação do rondoniense estiveram presentes nas mais variadas áreas durante todo o ano. Exemplo disso, são as parcerias com secretarias e projetos governamentais, como o Pronatec Prisional, que leva capacitação a reeducandos para proficiência em atividades profissionais no momento pós-cumprimento de pena, em parceria com a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus).

A parceria com a Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel) gerou o “Emprega Mais, Empreenda Juventude”, que oferece capacitação profissional a jovens de 15 a 29 anos, para ingressarem no mercado de trabalho ou na abertura de novas empresas.

Como forma de certificar a capacitação de servidores, o Idep assinou uma Cooperação Técnica com o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), para contribuir com a 5ª Semana Interna de Prevenção a Acidentes de Trabalho, que acontece em Porto Velho e do interior do Estado.

Com a Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), estão em andamentos os projetos de capacitação “Cozinha Experimental”, que visa oferecer cursos no eixo tecnológico de produção alimentícia, para pessoas em situação de vulnerabilidade social; e o CapacitaSuas, que tem o objetivo de garantir oferta de formação e capacitação permanente para profissionais, gestores, conselheiros e técnicos da rede socioassistencial do SUAS para a implementação das ações dos Planos de Educação Permanente.

E, através de parceria com a Setur e Sedi, ampliou a publicidade e divulgação de cursos voltados para o turismo e conhecimentos em geral, com o objetivo de despertar interesse e fortalecer a procura para a qualificação profissional, além da solidificação de conhecimentos.

Assim, a cobertura de oferta de educação profissional em Rondônia tem aumento no Estado, e novos cursos e vagas são abertos constantemente na página do Idep, no portal do Governo.

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

Roagora Fanpage

Comentarios