Energisa
ALE 01 04 970x250

Fapero divulga os 150 classificados na primeira fase do Programa Centelha Rondônia

3 junho, 2022

Em Rondônia, 776 pessoas, de 17 municípios rondonienses, submeteram 248 ideias inovadoras, no Programa de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadoras, o Centelha. Entre as apresentadas 150 foram classificadas na primeira etapa, e estão aptas a seguir para a próxima etapa, o estágio de Projeto de Empreendimento, que acontece no dia 22 de junho. A lista foi divulgada pela Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa do Estado de Rondônia – Fapero, do Governo de Rondônia.

Fapero divulga os 150 classificados na primeira fase do Programa Centelha Rondônia

Na segunda fase, os classificados vão fornecer mais detalhes sobre os projetos. Destes 150, serão selecionados 75 e ao final de todas as fases, serão contemplados 22 projetos inovadores, que vão ter com suporte financeiro de mais de R$ 53 mil, para cobrir despesas e ainda terão acesso a capacitações e parceiros que vão auxiliar na execução das pesquisas. Todos os selecionados residem em Rondônia, e ao serem aprovados, devem constituir empresa.

Confira aqui os 150 classificados na primeira fase do programa Centelha.

CENTELHA

O programa Centelha é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações – MCTI, Financiadora de Estudo e Projetos – Finep e Governo de Rondônia, por meio da Fapero.

De acordo com o edital, as ideias contemplam processos inovadores, com potencial para se transformar em empreendimentos que incorporem novas tecnologias na administração Pública, aeroespacial, agronegócio, automotivo, bens de capital, borracha e plástico, cerâmica, comércio e varejo, construção civil, construção naval, economia criativa, economia do turismo, gastronomia, eventos e lazer.

Além disso a seleção também vai abranger áreas da Educação; elétrico e eletrônico, energia, fabricação de alimentos e bebidas, farmoquímico e farmacêutico, financeiro, jurídico; madeira e móveis; marketing e mídias; meio ambiente e bioeconomia; mercado imobiliário; metalmecânico e metalurgia; mineração; papel e celulose; pesca e aquicultura; petróleo e gás; químico; saúde e bem estar; segurança e defesa; social; tecnologia da informação e telecomunicações; têxtil; confecção e calçados; transporte; logística, e mobilidade.

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

Roagora Fanpage

Comentarios