BANNER GOVERNO

Enfermeiro que ajudou doentes se despedirem de familiares morre de Covid

15 dezembro, 2020

Morreu, este domingo, Massimo Colombi, o enfermeiro que impulsionou um projeto, em Málaga, para que os idosos infectados com Covid-19 pudessem se despedir dos seus familiares, durante esta pandemia.

O enfermeiro da Lombardia, na Italia, trabalhava há mais de uma década no Hospital Regional de Málaga.

Foi neste estabelecimento de saúde que morreu depois de ter feito tudo para conseguir que o hospital fosse equipado com novas tecnologias que permitissem aos idosos despedirem-se das suas famílias. A ideia inspirou-se num projeto nascido no seu país de origem, e conhecido como ‘O direito de dizer Adeus’.

LEIA TAMBÉM:

EUA: Comitê consultivo da FDA confirma eficácia de 94,1% de vacina da Moderna

Bill Gates vai doar 250 milhões de dólares para combater a Covid-19

Anvisa aprova resolução sobre uso emergencial de vacinas

Covid-19: Reino Unido vai começar a vacinar cidadãos na terça-feira

O enfermeiro, que denunciou por diversas vezes a forma desumana como muitos doenteseram tratados, afirmou através da sua conta no Facebook que a “ideia de não poder dizer adeus lhe custava mais do que a própria morte”.

Massimo Colombi morreu este fim de semana, também ele vítima de Covid-19. Os seus colegas lamentam a mortedo profissional que dizem ser dos mais humanos que já conheceram. O seu esforço, dizem os colegas, permitiu humanizar de certa forma a doença da Covid-19, mesmo nos momentos mais críticos da pandemia.

Fonte: NOTÍCIAS AO MINUTO

Roagora Fanpage

Comentarios