GOV 970x250 09 07

Energisa leva energia limpa e sustentável para postos de saúde de comunidades ribeirinhas

30 julho, 2022

Postos de saúde que antes dependiam de geradores a diesel estão ganhando placas solares para terem energia 24h, garantindo conforto para pacientes e refrigeração de medicamentos e vacinas


O plano de universalização do acesso à energia desenvolvido pela Energisa em Rondônia vai beneficiar cinco postos de saúde localizados em comunidades ribeirinhas. As unidades, que antes dependiam de geradores a combustível diesel para ter energia por período limitado, passaram a ter energia 24 horas por dia, de forma limpa e sustentável por meio da instalação de placas solares.

Energisa leva energia limpa e sustentável para postos de saúde de comunidades ribeirinhas

Segundo Alfredo João de Brito, gerente de construção e manutenção da Energisa no estado, o fornecimento de energia de forma regular para os postos de saúde proporciona melhoria da qualidade de vida dos moradores. “Há energia para refrigerar medicamentos e vacinas. Os pacientes vão ter mais conforto durante os atendimentos médicos, inclusive, se necessário, durante a noite”, destacou.

O sistema já está em funcionamento nos postos de saúde do distrito de Calama, em Porto Velho, e Comunidade Monte Sinai, em Machadinho D’Oeste. Os próximos beneficiados serão Cavalcante, Sepetiba e Santo Antônio do Guaporé.

Brito explica que o sistema solar foi a alternativa encontrada para levar energia elétrica onde não há viabilidade técnica para construção de rede convencional. “É o caso dessas comunidades, que estão do outro lado da margem do rio”, contou.

A iniciativa também está beneficiado 900 famílias ribeirinhas e quilombolas com instalação de placas solares mapeadas em 68 comunidades em Costa Marques, Cujubim, Guajará-Mirim, Jaci-Paraná, Machadinho D’Oeste, Porto Velho, Rio Crespo, São Francisco do Guaporé, Seringueiras e Vale do Anari. Conheça detalhes do programa e relatos dos moradores no www.energisajuntos.com.br

Fonte: Assessoria

Roagora Fanpage

Comentarios