banner Api 01/05

Durante encontro na Câmara, Cernic e Guarda Mirim explanaram as principais demandas das instituições

28 janeiro, 2021

Pichek conversou com os representantes dessas entidades para encontrar meios de trazer recursos para amenizar essa situação


Reconhecedor dos trabalhos prestados a comunidade (Sem fins lucrativos), tanto do Cernic quanto da Guarda Mirim de Cacoal, e conhecedor das dificuldades financeiras encontradas por essas duas entidades, o presidente da Câmara de vereadores de Cacoal João Paulo Pichek (Republicanos), resolveu convidar o deputado estadual Jhony Paixão, para conhecer a realidade que essas instituições enfrentam para oferecer atendimento aos alunos.

Cernic

No Cernic por exemplo, conforme o diretor de patrimônio Ednilson Cora Caleiro, a maior necessidade nesse momento é com a folha de pagamento dos colaboradores, bem como aquisição de equipamentos de proteção individual os (EPIs).

O repasse da prefeitura também enfraqueceu, e com a pandemia, uma das maiores arrecadações que acontecia era com a “Feira da Solidariedade”, sem a realização do evento o Cernic perdeu essa fonte de recursos.

Hoje o CERNIC oferece serviços de educação e saúde, e atende mais de 280 alunos, crianças, adolescentes e jovens de Cacoal, e toda região e até mesmo de Rondolândia- MT.

Durante encontro na Câmara, Cernic e Guarda Mirim explanaram as principais demandas das instituições

LEIA TAMBÉM:

Indenização para servidores da saúde que atuam no hospital de campanha foi aprovada

Guarda Mirim

Na Guarda Mirim, a situação também requer atenção, conforme o presidente professor Nelson Rangel, atualmente são atendidos cerca de 79 alunos, embora já chegou a atender quase 180 alunos.

A Guarda Mirim, precisa de uma estação digital de informática, Nelson citou que hoje a maioria das empresas exigem no mínimo o curso de informática básico.

Com o furto ocorrido na instituição dos 45 computadores, alguns recuperados, não estão funcionando por terem sido exposto a umidade, quando forma recuperados os computadores estavam escondidos em uma área de pastagem.

O tradicional “Porco no Tacho”, que angariava recursos para manter algumas despesas, já não ocorre mais também por causa da pandemia do Coronavírus.

Professor Nelson Rangel, parabenizou a atitude do presidente da Câmara, e salientou; “ O Pichek sempre nos apoiou há muito tempo, mesmo quando ainda sequer tinha a intenção de ser político, por isso tem a minha admiração”, concluiu o professor.

Ao deputado Jhony, Nelson também ressaltou seu trabalho frente essas instituições, e ainda falou que acompanha o trabalho do deputado.

Pichek afirmou ser possível com o apoio do deputado, dos vereadores e da prefeitura, auxiliar o Cernic e a Guarda Mirim.

No que depender da Câmara, vai conversar com seus pares e promover meios que contribua de uma forma mais ampla no apoio as instituições que prestam um trabalho relevante a população.

Jhony Paixão parabenizou o Cernic e a Guarda Mirim, e comentou que na Assembleia legislativa (ALE/RO), bem como com aliados parlamentares da esfera federal, vai propor parcerias e cobrar emendas para essas instituições e claro como deputado estadual irá fazer sua parte para atender as demandas expostas durante o encontro.

 

Fonte: Assessoria

Durante encontro na Câmara, Cernic e Guarda Mirim explanaram as principais demandas das instituições

Roagora Fanpage

Comentarios