EntretenimentoRondônia

Youtuber autista se emociona ao descobrir que ganhou dezenas de seguidores, em RO

Adolescente autista edita os vídeos e administra o próprio canal na internet. Guilhermo tem uma doença degenerativa e a mãe teme pela vida dele.

“Aqui quem fala com vocês sou eu, o Gui, o autista da ciência”. É com esse cumprimento que Guilhermo Henrique, um adolescente de 14 anos, morador de Porto Velho, sempre começa seus vídeos no Youtube. O menino autista, apaixonado por ciência, emocionou internautas quando a mãe dele postou um vídeo mostrando a reação do garoto ao descobrir que tinha ganhado as primeiras 20 inscrições do canal.

Depois do vídeo feito pela mãe repercutir nas redes sociais, o número de inscritos no canal de Gui cresceu gradativamente e agora já são quase 50 mil.

Assista abaixo o momento em que Gui descobre que ganhou seus primeiros 20 seguidores no canal:

https://youtu.be/f2HFQL-PqDs

Gui foi diagnosticado com autismo ainda com um ano de idade. Desde então, apesar das dificuldades que a condição traz, incluindo o preconceito, ele dá orgulho à mãe, a psicoterapeuta Duda de Castro. Hoje divorciada e com três filhos, Duda enfrenta um novo desafio.

No início de novembro ela descobriu que o filho tem uma doença degenerativa rara e corre contra o tempo para conseguir o tratamento que diminua os sintomas na vida do adolescente.

Guilhermo nasceu prematuro e logo na maternidade já foi detectado que ele tinha perda auditiva.

Durante o acompanhamento com a fonoaudióloga, antes de completar dois anos, surgiu a desconfiança de que ele tinha Transtorno do Espectro Autista, o que logo foi confirmado.

“Quando as pessoas percebiam que meu filho estava tendo crises [decorrentes do autismo], elas achavam que ele era pirracento e isso me causava muita dor em ver o olhar que as pessoas tinham com meu filho”, diz.

Descoberta da doença

Como muitas crianças autistas, Guilhermo sempre levou uma vida comum com brincadeiras e estudo. Contudo, nos últimos três anos, a mãe dele percebeu que algo diferente estava acontecendo.

“Antes o Guilhermo me ajudava, andava de bicicleta, jogava bola e sonhava em ser jogador de futebol antes de ser youtuber. Achava que o Guilhermo poderia ter leucemia porque ele perdeu muito peso, parou de crescer, teve queda de cabelo e começou a se sentir fraco”, lembra.

Duda conta que buscou fazer os exames pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas ao ver o quadro de Gui piorando e, com medo da demora, acabou pagando.

“Eu fiquei desde o começo do ano esperando os exame do SUS e não aconteceu. Aí eu vi o quadro do Guilhermo se agravando. Quando eu fui no laboratório pegar o resultado a moça falou pra repetir o exame eu já sabia. Meu coração apertou e eu fiquei desesperada”.

Ela recebeu encaminhamento para hematologista, mas descobriu que não havia previsão de vaga. Sem condições de pagar a consulta, ela começou pedindo ajuda de amigos mais próximos.

Youtuber autista se emociona ao descobrir que ganhou dezenas de seguidores, em RO

Vida de ‘youtuber’

Duda conta que para proporcionar uma distração melhorar a autoestima do filho, apoiou que ele criasse um canal de vídeos na internet. O tema do perfil é uma das paixões de Gui: a ciência.

“Incentivei meu filho pra ele mudar o foco. Quando eu percebi que ele fez o canal, ele perguntou se eu ia me inscrever. Eu fui ver o vídeo e achei muito legal”

Da sala de casa, com a ajuda de Duda, Guilhermo usa o livro didático da escola para se inspirar no que vai dizer nos vídeos. Ele mesmo edita e pulica as produções usando um aplicativo de celular. Entre os temas abordados por ele estão sistema nervoso, bactérias, drogas e hormônios.

Parte dos amigos de Guilhermo está no Clube dos Desbravadores, um grupo de jovens aventureiros em que ele participa. Duda aproveitou o grupo para conseguir os primeiros inscritos no canal do adolescente.

“Tive a ideia de pedir pros jovens amiguinhos dele se inscreverem por que eu sabia que isso ia melhorar muito a autoestima dele porque ele sonha em ser um youtuber famoso. Quando eu olhei, tinha 20 inscritos. Eu esperei ele chegar da escola e gravei a reação dele e o vídeo acabou viralizando”, relata.

Youtuber autista se emociona ao descobrir que ganhou dezenas de seguidores, em RO

Até o fechamento desta reportagem o canal “Ciências do Gui” contava com quase 50 mil inscritos.

Vaquinha virtual para tratamento

Com medo da saúde do filho piorar durante a espera pelos exames na rede pública, Duda teve a ideia de criar uma “vaquinha” na internet para bancar os exames que faltam para fechar o diagnóstico que está entre fibrose cística e atrofia espinhal, que não têm cura, mas têm tratamento.

“O [primeiro] exame provou que o Guilhermo está com uma doença que está degenerando os músculos dele. E o coração é um músculo. Minha angústia é o tempo. A gente sabe que as coisas pelo SUS demoram muito e o caso do meu filho precisa urgentemente fazer esses exames e com o resultado eu vou conseguir o tratamento mais rápido. Cada dia que passa eu observo que o Guilhermo fica mais fraco”.

O hematologista pediu exames que custariam cerca de R$ 4 mil. Descobriu que não se tratava de leucemia, mas de uma doença degenerativa grave. Para a conclusão do laudo, são necessários mais dois exames que não são realizados em Rondônia.

Até esta terça-feira (26), a vaquinha já havia recebido R$ 2,3 mil em doações. Na página também está disponível uma conta bancária para doações.

Youtuber autista se emociona ao descobrir que ganhou dezenas de seguidores, em RO

Fonte: G1/RO

hqdefault - Youtuber autista se emociona ao descobrir que ganhou dezenas de seguidores, em RO

OBS: Somente os administradores poderão postar conteúdos.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Um comentário

  1. Pingback: Vereador de Colorado sofre acidente e culpa prefeitura por colocar galhos de arvores na estrada próximo a Pimenteiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar