DestaquePolíciaRondônia

Vídeos mostram prefeitas “Lebrinha” e Glaucione guardando dinheiro que seria de propina dentro de bolsas

Conforme a PF. a investigação, que durou pouco mais de dez meses, teve início em dezembro de 2019 e contou a colaboração de empresário que, recebendo exigência para recebimento de dívidas pela prestação de serviços ao poder público, resolveu contatar as autoridades para denunciar os ilícitos.

domingo, 29/11/2020

Vídeos divulgados pelo programa “Jornal Hoje”, da Globo, na tarde desta sexta-feira, 25, mostram as prefeitas Gislaine Clemente, a  “Lebrinha”, de São Francisco do Guaporé, e Glaucione Rodrigues, de Cacoal, guardando  dinheiro, que supostamente seria de propina, dentro das bolsas após conversa com um empresário que denunciou um esquema de crimes contra a Administração Pública.

A operação da Polícia Federal (PF) aconteceu na manhã desta sexta-feira, em vários municípios de Rondônia.

Conforme a PF. a investigação, que durou pouco mais de dez meses, teve início em dezembro de 2019 e contou a colaboração de empresário que, recebendo exigência para recebimento de dívidas pela prestação de serviços ao poder público, resolveu contatar as autoridades para denunciar os ilícitos.

Conforme a PF, durante o período das investigações provas foram angariadas e filmagens de recebimentos por parte de prefeitos e deputado foram registrados, com centenas de milhares de reais sendo distribuídos em dinheiro vivo.

Quatro prefeitos e um ex-deputado estadual são alvos de mandados de prisão preventiva.

Gislaine Clemente (a “Lebrinha”, filha do deputado estadual Lebrão) – prefeita de São Francisco do Guaporé;

Luiz Ademir Schock (o Luizão do Trento) – prefeito de Rolim de Moura;

Marcito Aparecido Pinto – prefeito de Ji-Paraná (2ª maior cidade de Rondônia);

Glaucione Maria Rodrigues Neri – prefeita de Cacoal (5ª cidade mais populosa do estado);

LEI TAMBÉM:

Homem é denunciado por violência doméstica contra esposa e abuso sexual contra a enteada

Acidente na BR-364 deixa vítimas em estado grave em Rondônia

O marido de Glaucione, Daniel Neri, também é investigado em Cacoal. Um mandado foi cumprido na casa da prefeita de Cacoal.

VEJA OS VÍDEOS ABAIXO:

Extraderondonia

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar