Usuário de drogas mata mãe asfixiada e fica em casa por 15 dias

26 maio, 2022

O corpo da idosa Eracy de Campos, de 71 anos, foi encontrado dentro de um apartamento localizado no bairro Jardim Aeroporto em Várzea Grande, na manhã desta quinta-feira (26). O principal suspeito de ter assassinado a vítima seria o próprio filho dela, que é usuário de drogas, identificado Luiz Fernando Januário de Campos, 33 anos, vulgo “Bolívia”.

Usuário de drogas mata mãe asfixiada em MT e fica em casa por 15 dias

Segundo informações da Polícia Civil, a equipe foi acionada por meio de denúncias anônimas, informando que em determinado endereço vizinhos estavam sentindo um forte odor. O comunicante informou ainda que o filho da proprietária não atendia aos chamados, mesmo estando em casa.

Quando a equipe chegou ao local, o filho da vítima já não estava mais no apartamento. Informações preliminares apontam que a idosa tenha sido morta asfixiada e, pelo estado de decomposição do corpo, o crime aconteceu há cerca de 15 dias.

O corpo da idosa estava na cama coberto por vários lençóis. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) encaminhou o corpo para o Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia.

Vizinhos relataram que, nos últimos dias, o suspeito estava vendendo os móveis e equipamentos eletrônicos da residência para comprar drogas. Dentro do apartamento foram encontradas diversas porções de entorpecentes, além de latas de cervejas jogadas por todos os cômodos.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já está investigando o caso e fazendo buscas ao suspeito, que é filho adotivo da idosa.

Fonte: Folha Max

Roagora Fanpage

Comentarios