GOV 01 09
ALE 01 09

Trabalhador sai para atender cliente, é esfaqueado na cabeça e morre em hospital

25 junho, 2021

Roberto Rodrigues do Nascimento, 43 anos, morreu no Hospital Regional de Sinop (500 km da Capital), na tarde dessa quinta-feira (24), onde deu entrada em estado grave, com ferimentos na cabeça, após ser espancado e esfaqueado no bairro Jardim das Rosas.

Trabalhador sai para atender cliente, é esfaqueado na cabeça e morre em hospital

Populares encontraram a vítima ferida na rua e acionaram o resgate do Corpo de Bombeiros, que prestou socorro e encaminhou o paciente à unidade de saúde.

A esposa de Roberto foi comunicada sobre o fato pelo hospital, onde conversou com os policiais.

De acordo com a mulher, Roberto saiu de casa por volta das 15h, de moto e carretinha na companhia de um cliente para transportar alguns objetos. Cerca de 2 horas depois, ela recebeu ligação do hospital informando que o marido tinha dado entrada em estado grave com ferimentos na cabeça, provavelmente, causados por faca.

Questionada se o marido tinha alguma desavença ou se vinha recebendo algum tipo de ameaça, a mulher disse que não tinha conhecimento de nenhum fato desse.

LEIA TAMBÉM:

Em Vilhena, criança fica presa em escada rolante de shopping e bombeiros são acionados; veja vídeo

Dois caminhoneiros morrem após acidente em rodovia

Bombeiros localizam corpo de homem que se afogou em rio

Adolescente denuncia ser estuprada pelo filho do padrasto desde que tinha 4 anos

Menino de 8 anos é encontrado morto com marcas de espancamento

Mulher que morreu atropelada na BR 364 disse que iria à igreja; “ela não tinha intenção de se matar”, revela a irmã

Trabalhador morre em acidente com motosserra em Rondônia

Funcionário da agência da Caixa em Colorado do Oeste é encontrado morto dentro de casa

Garoto de 15 anos é espancado e esfaqueado durante “salve” ordenado pelo Comando Vermelho

A carteira da vítima, que continha determinado valor em dinheiro, não foi encontrada no local.

Investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, identificaram o homem que saiu com Roberto e descobriram que o suspeito tinha deixado sua bicicleta na casa da vítima e não voltou para buscar. Ele ainda não foi localizado.

O caso é investigado e os policiais devem buscar o paradeiro do suspeito e levá-lo para depoimento na delegacia.

A principal linha de investigação, até o momento, é de que Roberto tenha sido vítima de latrocínio, roubo seguido de morte.

Fonte: Repórter MT

Roagora Fanpage

Comentarios