Ale RO ate dia 7/04

Robinho é condenado em 2ª instância por estupro coletivo de albanesa

10 dezembro, 2020

A justiça italiana não aceitou os argumentos apresentados pela defesa de Robinho e o condenou  pela segunda vez por estupro coletivo, durante o julgamento em segunda instância ocorrido na manhã desta quinta-feira (10) no país.

A juízas Chiara Nobili, Paola Di Lorenzo e Francesca Vitale, mantiveram a mesma sentença tanto para ele quanto para Ricardo Falco, outro réu do processo. Durante o julgamento, os advogados insistiram que não há provas de que a relação não teria sido consensual.

LEIA TAMBÉM:

Pai, madrasta e avó acusados do homicídio de menina de 2 anos irão a júri popular em RO

Tribunal misto aceita denúncia e segue com processo de impeachment de Witzel

Comerciante que matou namorada é condenado em júri popular a mais de 18 anos de prisão

Dono de funerária é condenado por mandar matar concorrente em Rondônia

Com o resultado, resta para a defesa a última cartada: pedir a anulação da pena em um novo julgamento na terceira e última instância. Se a condenação foi mantida mais uma vez, tanto Robinho quanto Falco terão que cumprir nove anos de prisão em uma das unidades do país. A defesa da albanesa comemorou o resultado.

 

Fonte: Portal do Holanda

 

Roagora Fanpage

Comentarios