Energisa
GOV RO RURAL 970x250 01 05

Presbítero é suspeito de estuprar a filha da empregada

8 fevereiro, 2022

O presbítero de uma igreja está sendo investigado suspeito de estuprar uma menina de 13 anos, em Porto Velho. A denúncia foi feita pela própria vítima no fim de janeiro e, segundo ela, o suspeito do crime também é patrão de sua mãe, que trabalha como empregada na casa do religioso.

Presbítero é suspeito de estuprar a filha da empregada

A denúncia do crime está sendo acompanhando pela Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA).

No boletim de ocorrência a menina relatou ao escrivão da DEPCA que ela mora com a mãe, que trabalha como empregada há mais de 7 anos na casa do presbítero. A mulher mora na mesma casa do líder religioso e não sai, ficando sempre à disposição da família durante os sete dias da semana.

Segundo relatou a menina para a polícia, o estupro aconteceu no Dia das Mães no ano passado, quando ela tinha 12 anos. A vítima ainda disse que por diversas vezes o suspeito tentou repetir o ato.

O boletim não relata mais informações além do ato cometido por ele no dia 5 de maio de 2021.

Uma pessoa que acompanhou a menina à delegacia contou  que, após ouvir a criança falando sobre estupro, explicou porque decidiu levar a vítima para registrar o boletim de ocorrência.

“A menina estava com muito medo de ir à delegacia, pois ele tinha a ameaçado. Ela me disse que contou para mãe, e a mulher falou que ia ficar de olho e que não deixaria ele chegar perto da filha”, disse à reportagem

A delegada responsável pelo caso informou  que o caso segue em segredo de Justiça. Ela afirmou ainda que o suspeito não foi preso.

Após o registro policial, a menina foi encaminha ao Instituto Médico Legal para realizar exame que constasse a prática libidinosa e ela está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar.

Fonte: G1 RO

Roagora Fanpage

Comentarios