BrasilDestaquePolícia

Policial de folga mata jovem que estava com arma de brinquedo em bar

sábado, 05/12/2020

Um jovem identificado por Thiago Azevedo, 20, foi morto na quinta-feira (12), no momento em que estava com uma arma de brinquedo, acompanhado de amigos em um bar do Jardim Maravilha, em Guaratiba,  Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Segundo um site de notícias do Globo, o tiro foi efetuado pelo soldado da policia militar, Charli do Nascimento, que estava de folga. Ele suspeitou do volume sob a camisa do jovem e o abordou.

Para a polícia, o soldado afirmou que se identificou como policial para Thiago, mas a vítima teria respondido rispidamente “Qual é?” e levou a mão à cintura, como se fosse reagir e atirar.

Charli admitiu ter atirado duas vezes. Thiago morreu na hora.

A mãe de Thiago, identificada por Glória, contou que o policial não revistou o filho e o matou pelas costas. “Esse cara, que disse que era da polícia, estava bebendo e comendo no bar. Foi meu filho virar as costas, ele o seguiu e deu quatro tiros. Só por causa de uma arma que meu filho estava brincando”, contou em entrevista ao Globo.

LEIA TAMBÉM:

Briga entre irmãos termina com um morto a golpes de faca

Glória disse que tinha alertado o filho sobre a réplica. “Eu disse: ‘Thiago, isso deve ser perigoso, não vai sair com isso’. Ele disse que ia brincar e que a jogaria fora”, disse.

Uma equipe da Delegacia de Homicídios da Capital foi acionada e esteve no bar. O simulacro da arma que estava com a vítima e a arma do policial militar foram recolhidos para perícia.

Portal do Holanda

Roagora Fanpage

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar