DestaquePolíciaPorto Velho

Polícia investiga morte da mãe que deu a vida pelo filho em residência

quarta-feira, 02/12/2020

Investigadores da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) da Polícia Civil apuram a motivação da tentativa de homicídio contra Carlos Eduardo Alves Floresta, 21, que acabou no assassinato a tiro da mãe dele, Joselma Alves da Silva, 46, na madrugada desta quinta-feira (19) em uma residência na Rua Palheteiro, bairro Mariana, zona Leste de Porto Velho (RO).

O site obteve informações através de testemunhas e a polícia de que Carlos Eduardo, vulgo “Cadú” foi visto minutos antes correndo e um grupo de oito homens o perseguindo com pedaços de madeira, faca e arma de fogo.

Carlos Eduardo chegou gritando por socorro na residência da mãe e quando ela abriu a porta tentando proteger o filho acabou sendo alvejada com um tiro na testa.

A mulher morreu na hora e o filho dela que foi baleado na perna e braço se escondeu em um quarto da casa. Cadú foi socorrido ao hospital João Paulo II e terminou preso pela Polícia Militar após serem encontradas 111 porções de maconha no quarto dele.

Relatos colhidos pelo site dão conta de que Joselma havia comentado nos últimos dias com pessoas próximas que estaria pagando uma dívida de drogas do filho para ele não ser morto.

LEIA TAMBÉM:

Filho de 26 anos tenta defender a mãe e é atacado na cabeça pelo padrasto

Carlos Eduardo tinha sido preso no mês de agosto deste ano por tráfico de drogas, mas logo depois foi colocado em liberdade. A mãe dele trabalhava como “sacoleira”, vendendo roupas na rua e era evangélica.

As principais linhas de investigação da polícia são de que a motivação do crime pode ter sido devido a dívida de drogas de Carlos Eduardo ou briga entre organizações criminosas, haja vista que jovem integrava o Primeiro Comando do Panda (PCP).

Rondoniaovivo

Roagora Fanpage

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar