DestaquePolícia

PM de Mato Grosso atira na ex após descobrir que não é pai da filha dela

A vítima havia terminado o relacionamento há aproximadamente 15 dias.

quinta-feira, 03/12/2020

A Corregedoria Geral da Polícia Militar do Mato Grosso investiga um policial suspeito de atirar na mão da ex-namorada após descobrir que a filha dela não era biologicamente dele, no último sábado (3/10), na cidade de Santa Rita do Trivelato.

A vítima havia terminado o relacionamento há aproximadamente 15 dias. A mulher chamou o agente de segurança para conversar e mostrar o exame de DNA, comprovando que ele não era o pai da criança.

Em seguida, o PM, a vítima e o atual namorado começaram a discutir e ele acabou disparando duas vezes com uma arma de fogo contra eles. Um dos tiros atingiu a mão da mulher, que foi encaminhada para o hospital da região, de acordo com informações.

LEIA TAMBÉM:

Criança revela para a avó que era estuprada pelo pai que é soro positivo

Polícia Militar prende homem que estuprou criança no parquinho de condomínio de luxo

Após o crime, o policial se apresentou ao quartel e os superiores o afastaram das atividades. Apesar de ter sido levado à delegacia, não foi detido.

Metrópoles

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar