GOV 01 09
ALE 01 09

Pai se irrita com choro e mata bebê; mãe confessa sessões de tortura

25 julho, 2021

Um bebê de 1 ano e 9 meses, identificado como E.G.F, morreu após ser vítima de tortura praticada pelos pais, de 20 e 21 anos, em Cáceres (a 219 km de Cuiabá), nesta sexta (23). Pai teria se irritado com o choro do filho e, então, iniciado as agressões.

Pai se irrita com choro e mata bebê; mãe confessa sessões de tortura

De acordo com o registro da Polícia Civil, ele foi levado à Unidade de Pronto Atendimento do município pela mãe. Bebê tinha diversas marcas de lesões pelo corpo e já chegou na unidade de saúde sem vida.

Equipe plantonista identificou diversos hematomas e cicatrizes pelo corpo de E.G.F, entre elas uma marca de um carregador de celular e nódulos na região da cabeça. Em interrogatório à polícia, mãe confessou que a criança vem sendo agredida pelo pai há tempos. No dia de sua morte, criança também recebeu golpe no tórax.

LEIA TAMBÉM:

Corpos são jogados em encruzilhada da morte e população fica aterrorizada; veja vídeo

Pai é acusado de molestar a filha de cinco anos durante visita em casa

Bebê morre em residência e pais são levados presos suspeitos de maus tratos

Idoso que estuprou criança é preso após avó flagrar o ato

Bebê morre asfixiado enquanto dormia em carrinho

Adolescente de 16 anos é executado com 10 tiros no meio da rua

Jovem é morta com 7 facadas pelo marido enquanto fazia comida para filha de 2 anos

Homem é morto a tiros após discussão de trabalho com colega

Cachorro é morto a golpes de enxada ao tentar impedir que assaltante invadisse a casa de sua dona

Pai foi localizado na chácara onde mora e preso em flagrante. Em sua casa, policiais encontraram arma de fogo. Exame preliminar apontou que criança pode ter sido também abusada sexualmente.

Por ter se omitido diante das agressões, mãe também responderá por homicídio qualificado mediante tortura e recurso que impossibilitou defesa, com agravante de a vítima ser menor de 14 anos. Além disso, também podem responder por estupro de vulnerável.

Fonte: RD News

Roagora Fanpage

Comentarios