api 01 05
Ale 09-06 02

Pai que matou o filho de 5 anos espancado e estrangulado é condenado a 24 anos de prisão

10 junho, 2021

Jonas Pereira Teixeira, acusado de ter matado o próprio filho Davi dos Santos Vasconcelos Pereira, de 5 anos, recebeu a sentença de 24 anos e 22 dias de reclusão em Sinop (MT), por homicídio duplamente qualificado, ou seja, morte cruel sem chance de defesa da vítima.

Pai que matou o filho de 5 anos espancado e estrangulado é condenado a 24 anos de prisão

Informações dão conta de que o julgamento ocorreu nesta terça-feira (8), em que o Conselho de Sentença, em sua maioria, atendeu o embasamento do Ministério Público e reconheceu a autoria e materialidade do crime cometido contra a criança e filho do condenado. Antes mesmo do julgamento, Jonas estava recolhido na Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem), agora com a sentença deferida inicialmente cumprirá a pena em regime fechado. Cabe recurso da defesa.

Segundo a denúncia da 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Sinop, o pai matou o filho dentro da residência, no bairro Vila Mariana, em fevereiro de 2018. No momento, o homem utilizava-se de cocaína e a vítima brincava sozinha. Em sequência, Jonas passou a espancar e estrangular a criança utilizando-se de um rodo, provocando-lhe múltiplas lesões externas e internas.

LEIA TAMBÉM:

Em Porto Velho, adolescente denuncia o pai por estuprá-la

Motoboy de 25 anos morre após colisão com automóvel em Rondônia

Padrasto tenta estuprar adolescente após esposa sair de apartamento

CONDENADO: Idoso é preso por estuprar e engravidar a própria neta

Jovem de 18 anos é assassinado a tiros na frente de casa; imagens fortes

Polícia encontra corpo com 20 perfurações de faca pendurado em grade de igreja

Caso de deputado Lebrão recebendo propina ainda sem resposta

Mulher sofre tentativa de homicídio em Alta Floresta

Mulher é presa por suspeita de mandar matar o próprio pai

Mulher é vítima de espancamento por não aceitar reconciliação com ex-marido

“O crime em questão fora cometido por meio cruel consistente no espancamento e asfixia por estrangulamento, consoante narrado no laudo pericial, que causou intenso e desnecessário sofrimento à vítima. Tem-se, ainda, consubstanciado o recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima, eis que Davi se tratava de uma criança de apenas cinco anos de idade e fora sorrateiramente surpreendida e espancada até a morte pelo próprio genitor, que se valeu de um rodo para tanto”, relata a denúncia.

Jonas confessou a autoria do crime para as autoridades policiais e judiciais.

Fonte: Terra MT Digital

Roagora Fanpage

Comentarios