GOV 01 09
ALE 01 09

Neto diz à polícia que decapitou avô para vingar abuso sexual da irmã

2 setembro, 2021

O jovem de 19 anos suspeito de matar o próprio avô confessou o crime e apresentou uma motivação, durante depoimento para o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Senador Canedo, região metropolitana de Goiânia.

Neto diz à polícia que decapitou avô para vingar abuso sexual da irmã

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito afirmou que o idoso, de 82 anos, teria abusado de sua irmã, de 12 anos, durante uma viagem ao Pará. O avô teria voltado para Senador Canedo às pressas no último domingo (29/8), assim que a adolescente relatou os abusos.

Ainda segundo a Polícia Civil, o neto teria ficado revoltado e viajou até Senador Canedo (GO) para matar o avô. O jovem de 19 anos teria inicialmente indagado o avô, enquanto escondia um facão debaixo da roupa.

Gato morto
Ele teria até ido ao banheiro para refletir se realmente deveria matar o idoso, pouco antes de praticar o crime. O neto golpeou o avô com o facão e arrancou sua cabeça, após uma breve discussão, de acordo com a Polícia Civil.

A cabeça da vítima foi colocada então em uma sacola plástica e jogada em um matagal, na beira de um córrego. O jovem suspeito fez o percurso até o córrego com um motorista de aplicativo e teria alegado que tinha um gato morto dentro do saco.

LEIA TAMBÉM:

Acusados de matar cantor a tiros em casa noturna são condenados a quase 20 anos de prisão

Homem é morto com vários tiros em área de conflito agrário

Menina de 11 anos denuncia que era estuprada pelo amigo do pai em residência

Idoso é preso suspeito de estuprar sobrinha e netas pequenas

Homem é amarrado, amordaçado e executado a tiros

Vítima de feminicídio foi jogada ainda viva do alto de ponte pelo ex-namorado

Homem é preso suspeito de abusar de enteada de 1 ano e 8 meses

Adolescente de 14 anos posta vídeo no TikTok horas antes de matar sua irmã deficiente

Membros do CV arrancam cabeça e coração de rival para entregar para o chefe da facção; cenas fortíssimas

Após fazer denuncia contra vizinho, mulher morre ao ser agredida com tijolo

O corpo decapitado foi encontrado no fim da tarde de terça-feira (31/8), caído na entrada da sala de sua casa, no residencial Jardim Canedo. A identidade da vítima é Severino Inácio da Silva, de 82 anos.

Segundo a Polícia Civil, o cadáver foi encontrado depois que um vizinho estranhou o portão da casa trancado e não conseguiu fazer contato por telefone. Esse vizinho procurou a família, que foi até o local. O neto do idoso chegou a falar com a polícia como testemunha, em um primeiro momento.

Fonte: Metrópoles

Roagora Fanpage

Comentarios