GOV 01 09
ALE 01 09

Mulher é estuprada por homem que conheceu em aplicativo

18 setembro, 2021

Uma jovem de 19 anos, nome não divulgado, denunciou um homem, 36, que teria conhecido por ‘aplicativo’, por estupro na madrugada dessa quinta-feira (16) no bairro Pioneiro, em Lucas do Rio Verde (354 km da Capital).

Mulher é estuprada por homem que conheceu em aplicativo

De acordo com a ‘vítima’, os dois se conheceram por meio de um aplicativo, começaram a trocar mensagem e combinaram de se encontrar.

No entanto, ainda segundo a mulher, o acusado não era o mesmo das fotos trocadas online e queria desistir do encontro, mas foi levada à força para uma casa, onde foi obrigada a fazer sexo com o acusado.

Após a relação, ela foi embora e pediu ajuda a amigos, que a acompanharam à delegacia para denunciar o caso.

Ela foi ouvida pelo delegado, identificou o acusado e representou pelo crime de estupro.

Diante das informações, foi feito buscas pelo paradeiro do acusado, que logo foi encontrado e autuado em flagrante pelo crime e entregue na delegacia.

LEIA TAMBÉM:

Pai mata bebê de 6 meses com golpe de muleta na cabeça

Motorista de aplicativo é amarrado em árvore após roubo de Honda Civic

Idosa de 99 anos morre após ser estuprada por amigo da família

Ex-marido invade casa, destrói carro e espanca ex-mulher em Rondônia

Motorista de aplicativo é brutalmente espancado por assaltantes em Ji-Paraná; suspeitos são presos

Homem é preso após decepar pênis de colega e matá-lo

Vídeo mostra momento em que motociclista morre após se chocar contra poste

Em Rondônia, tio é acusado de tentar estuprar sobrinha que ia para a igreja

O homem também foi ouvido pelo delegado e relatou que não era desconhecido da vítima, inclusive, é amigo do ex-namorado dela.

O acusado ainda apontou que a jovem, que já atuou como garota de programa, há dias vinha lhe pedindo dinheiro, então, marcaram um encontrou onde teriam sexo e ele repassaria o dinheiro que ela havia pedido.

Ainda ressaltou que não estava entendendo o porquê a mulher estava tão nervosa e com medo.

Diante dos depoimentos, o acusado foi mantido preso, por ainda estar dentro do período de flagrante, e será encaminhado à audiência de custódia, onde o juiz irá decidir se o acusado responderá pelo suposto crime em liberdade ou preso.

Fonte: Repórter MT

Roagora Fanpage

Comentarios