Energisa
GOV 970x250 01 02

Ministério Público pediu e Justiça acatou a prisão preventiva de suspeito de feminicídio em Pimenta Bueno

5 fevereiro, 2022

O Ministério Público, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Pimenta Bueno, assim que tomou conhecimento do feminicídio, que vitimou Antonieli Nunes Martins, de 32 anos, pediu na sexta-feira, (04/02), a prisão preventiva do principal suspeito, Gabriel Henrique Santos Souza Masioli.

Ministério Público pediu e Justiça acatou a prisão preventiva de suspeito de feminicídio em Pimenta Bueno

O requerimento foi assinado pelo Promotor de Justiça, Marcos Giovane Ártico, que baseou o documento, em elementos angariados na investigação, bem assim na garantia da ordem pública e gravidade em concreto do crime.

O pedido do MP foi acolhido pela Vara Criminal de Pimenta Bueno, sendo que o suspeito, ao ser informado da prisão decretada, se apresentou a polícia e se encontra preso.

O Ministério Público ressalta que, as autoridades competentes estão tomando todas as medidas legais sobre o crime, que teve uma grande repercussão, não só na cidade de Pimenta Bueno como em todo o Estado.

Fonte: Ministério Público

Roagora Fanpage

Comentarios