api 01 05
Ale 09-06 03

Menina de 11 anos morre após levar choque enquanto nadava em açude; desesperada, mãe tentou salvá-la

21 fevereiro, 2021

Uma menina de 11 anos morreu afogada após sofrer uma descarga elétrica em um açude no Ceará. A criança identificada como Antonia Dailyanne Alves da Silva estava nadando no local com a família quando foi eletrocutada. O choque deixou ela atordoada e acabou culminando no afogamento.

De acordo com informações de testemunhas, a mãe da garota ainda tentou retirá-la da água, contudo também foi atingida por uma descarga elétrica. O corpo de Antônia foi localizado na manhã desta quinta-feira (18), por socorristas do Corpo de Bombeiros.

O caso em questão foi registrado na Vila Caiçara, situada na zona rural do município de Tarrafas (CE), que fica a mais de 400 km de Fortaleza. O açude em que a menina nadava fica próximo à casa da família, que decidiu se confraternizar na tarde da quarta-feira (17) com um mergulho.

“Foi uma coisa muito rápida. Do nada, a gente ouviu um grito. A menina começou a se afogar e a mãe dela desesperada tentando puxar”, relatou o agricultor César Trajano.

De acordo com vizinho da família de Antonia Dailyanne, todos que estavam próximos correram para o açude na tentativa de salvar a criança.

“A mãe dela também tomou um choque. A gente conseguiu tirar ela, mas a menina afundou. A gente ficou procurando, mas só os Bombeiros encontraram o corpo”, concluiu o vizinho.

Menina de 11 anos morre após levar choque enquanto nadava em açude; desesperada, mãe tentou salvá-la

LEIA TAMBÉM:

Neto é flagrado “escavando” a carne da avó de 90 anos logo após mata-la

‘A crise econômica será severa e prolongada’, diz Monica De Bolle

Bebê passa da hora de nascer e vem a óbito em Rolim de Moura

Padrasto violenta menina de 5 anos, mata e coloca corpo em caixa de papelão

Ex-morador de Vilhena é assassinado brutalmente quando dormia ao lado do filho no interior de São Paulo

O choque

Em entrevista ao UOL, o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Nijair Araújo, disse que Antonia encostou o braço em um fio que alimenta os motores da região para o abastecimento enquanto nadava.

O militar ainda afirmou que a causa da morte da menina deve ser constatada por exames periciais.

O caso será apurado pela Polícia Civil do Ceará que já abriu investigações para descobrir as causas da morte da garota. A Delegacia de Assaré ficou sob a responsabilidade do inquérito. Desolados, os familiares de Antonia aguardavam a liberação do corpo da menina no IML para realizar velório e sepultamento.

Fonte: 1news

 

Roagora Fanpage

Comentarios