GOV 01 09
ALE 01 09

Mato-grossense de 18 anos que cursava medicina no Paraguai é executada com 10 tiros de fuzil; outros três morreram na chacina

10 outubro, 2021

A moradora de Cáceres, em Mato Grosso, Rhannye Jamilly, de 18 anos, foi assassinada com dez tiros de fuzil na madrugada deste sábado (9), durante uma chacina que matou mais três pessoas em frente a uma casa de eventos em Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

Mato-grossense de 18 anos que cursava medicina no Paraguai é executada com 10 tiros de fuzil; outros três morreram na chacina

Também foram assassinados Vicente Álvarez Grance, de 32 anos, conhecido como Bebeto, a filha do governador do Departamento de Amambay, Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 18 anos, e outra brasileira Kaline Reinoso, de 21 anos, de Dourados (MS). Rhannye e Kaline faziam faculdade de medicina no Paraguai.

Segundo a Polícia Nacional, foram realizados mais de 100 disparos de fuzil. Bebeto, que era um dos principais alvos, foi executado com 31 disparos que o atingiram principalmente no rosto. O veículo em que eles estavam foi alvejado de todos os lados e Rhannye foi atingida por pelo menos dez tiros.

Ainda não há informações sobre os assassinos ou a motivação do crime. O caso deve ser investigado.

LEIA TAMBÉM:

Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias em SC

Mulher é esfaqueada 18 vezes pela melhor amiga após trocarem beijo

Jovem morre após desmaiar durante relação sexual com o marido

Homem foi assassinado a tiros em feira; cenas fortíssimas

Tiroteio em distribuidora termina com um morto e outro ferido

Duas pessoas morrem após confronto a tiros com policiais em área de conflito agrário

Jovem de 24 anos que se acidentou de moto entre Colorado do Oeste e Cerejeiras morre em Cacoal

Polícia prende jovem com 400 munições para fuzil

Fonte: Folha Max

Roagora Fanpage

Comentarios