api 01 05
banner 09-06  01

Marido que degolou a mulher já havia quebrado dentes dela com copo

25 abril, 2021

Karla Roberta Fernandes foi morta pelo companheiro Adenor Pacheco, que a degolou por ciúmes.


Karla Roberta Fernandes, morta e degolada pelo marido no Distrito Federal, vivia um relacionamento conturbado com seu marido e deixa três filhos de um relacionamento anterior. O cadáver da mulher foi encontrado neste domingo (25/4), em um terreno baldio de Santa Maria.

Adenor Pacheco de Oliveira (com a mulher, na foto em destaque), marido da vítima, é autor confesso do crime. À polícia, o homem de 48 anos disse ter agido por ciúmes: teria se sentido traído ao ver uma mensagem no celular da companheira. Depois de desmaiar Karla, sufocando-a, Pacheco a colocou no carro e a levou para o mato. Lá, passou uma faca no pescoço da mulher e deixou o cadáver no local.

Marido que degolou a mulher já havia quebrado dentes dela com copo

O relacionamento de ambos foi descrito por familiares como conturbado. Karla, de 38 anos, já teria buscado ajuda várias vezes, dizendo que o companheiro era agressivo.

De acordo com o depoimento da irmã da vítima à polícia, ele já havia quebrado os dentes da mulher anteriormente, ao usar um copo como arma. Na ocasião, ela teve que passar por uma intervenção odontológica.

Karla chegou a desconfiar, inclusive, que Adenor estaria maltratando sua filha. Os filhos de Karla eram fruto de seu casamento anterior.

LEIA TAMBÉM:

Mulher é flagrada dentro de carro com homem casado e quase é morta a facadas

Idoso dava presentes para crianças para poder estuprá-las

Jovem tem cabeça estourada a tiros por dever chefão do tráfico; veja

Adolescente de 17 anos é espancada e ameaçada de morte por suposto de membro de facção em Vilhena

Comerciante é alvo de disparos de arma de fogo no centro de Vilhena

Morre Francisco Camargo, pai dos sertanejos Zezé e Luciano

Homem mata esposa com mais de 30 facadas na frente dos filhos

Mulher é encontrada morta com tiro no pescoço após discussão com marido durante bebedeira

Mulher vai visitar irmã e é assassinada pelo cunhado; corpo foi localizado próximo a BR-364

Tio e sobrinho morrem “esmagados” por caminhão

Uma vizinha teria escutado a vítima dizer “Me solta, me solta!”, na madrugada deste domingo. A mulher contou ainda ter ouvido um barulho de copo sendo quebrado. No entanto, por saber que as brigas do casal eram constantes, não deu atenção.

Adenor e Karla compareceram a uma festa de aniversário nesse sábado (24), véspera do crime, onde teriam discutido.

Fonte: Metrópoles

Roagora Fanpage

Comentarios