GOV 01 09
ALE 01 09

Mãe grava vídeo com a filha: “Vamos se matar” e joga carro contra caminhão; veja vídeos

18 maio, 2021

A equipe da CGN recebeu um vídeo que teria sido gravado por uma mulher, de 34 anos, no município de Lajeado, no Rio Grande do Sul. Na gravação, a mulher registra ela e a filha tentando fazer uma suposta despedida para o pai da criança, afirmando que ‘ambas iriam se matar’.

Por diversas vezes, a mulher questiona a garotinha: “Vamo se matar, filha?”, sendo que a menina, de forma muito inocente e sem saber o que poderia acontecer, responde que sim.

Mãe grava vídeo com a filha: “Vamos se matar” e joga carro contra caminhão; VEJA O VÍDEO

Logo na sequência, a mãe fala para ela dar tchau para o pai, sendo que a menina nega com veemência querer aquilo, falando: “Não quero!”

A mãe também tenta fazer com que a filha se despeça, pois aquela seria a última vez que o pai supostamente a veria, e, novamente, a menina reforça que não quer se despedir, dando a entender que não quer aquilo.

O vídeo é extremamente chocante, sendo que algo terrível foi registrado na sequência da gravação da imagem.

Com um veículo Uno, a condutora do automóvel teria atirado o carro contra um caminhão na rodovia BR-386, no Olarias, também em Lajeado. Após isto, o carro ainda teria batido contra uma Tucson, ficando completamente destruído.

O Corpo de Bombeiros foi mobilizado e, felizmente, conseguiu tirar a criança do automóvel, sendo que estava na cadeirinha, com vida.

A mulher, condutora, foi socorrida em estado grave e internada no HPS de Canoas, onde segue com o quadro de saúde muito complicado.

LEIA TAMBÉM:

Idoso morre após colisão frontal com carreta na BR-364

Filho mata pai e mãe que recusaram dar dinheiro para comprar drogas

Rapaz de 20 anos é preso com 08 quilos de drogas em Vilhena

Durante culto, homem entra no templo e ameaça matar pastor e fiéis, em Ji-Paraná

Polícia Civil prende homem acusado de estuprar duas crianças

Homem encontra companheira em casa noturna e atira nela em Vilhena

Homem é assassinado após pedir para traficantes pararem de fazer barulho

Segundo as informações, a 19ª Delegacia de Polícia Regional de Lajeado teria decretado a prisão preventiva da mulher pela tentativa de homicídio da filha, que tem apenas dois anos.

Agora, a Polícia Civil espera a recuperação da mulher para que ela seja ouvida e o inquérito sobre o caso seja concluído.

Fonte: CGN

Roagora Fanpage

Comentarios