DestaquePolícia

Mãe é presa por agredir o filho e diz: “Ele pode sumir, que eu não ligo”

O menino foi encontrado escondido dentro da casa e com o olho roxo

Uma jovem de 22 anos foi presa nessa quinta-feira (21) acusada de agredir os filhos, uma menina de dois e um menino de quatro anos, que foi encontrado de olho roxo.

A Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima de que no Bairro Bica D’Água, em Paranatinga (380 km de Cuiabá), uma mãe estava espancando seus filhos.

Uma equipe foi imediatamente ao local indicado e, por volta das 14h30, chegou à casa, onde, primeiro, conversaram com a dona da residência, uma mulher de 34 anos, que negou que as crianças da casa haviam sido espancadas.

Os militares pediram para ver as crianças e, primeiro, a mulher mostrou o filho dela, de aproximadamente 12 anos, e uma menina de dois anos, ambos saudáveis e sem lesões.

Os policiais, no entanto, foram informados de que havia uma terceira criança na casa e que esta estava com um hematoma no olho esquerdo, então pediram para entrar na residência.

Com autorização da proprietária, a equipe entrou e encontrou o menino de quatro anos escondido dentro da casa, com uma mancha roxa, quase preta, no olho.

O Conselho Tutelar foi acionado e duas conselheiras passaram a acompanhar as crianças.

A mãe estava embriagada e, segundo os policiais que atenderam a ocorrência, agindo de forma inconveniente, desrespeitosa e agressiva, xingando a própria mãe e vizinhos que se aproximaram para ver o que estava acontecendo.

VEJA TAMBÉM:

Adolescente é executado pelo Comando Vermelho por evitar assassinato do ‘amigo’

Por fim, ela passou a dizer que não queria mais saber do filho e que ele poderia sumir, que ela não ligaria.

Ela acabou presa e encaminhada para a delegacia, acusada de lesão corporal e maus-tratos.

Fonte: OLivre

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar