api 01 05
banner 09-06  01

Jovem é torturado, executado a tiros e jogado em córrego de MT

25 fevereiro, 2021

O corpo de um jovem, ainda não identificado, foi encontrado na tarde desta quinta-feira (25) às margens do córrego da Estrada da Glória, zona rural, localizada a cerca de 20 km do Centro de Sinop (500 km da Capital).

O cadáver com indícios de execução tinha uma perfuração de tiro na cabeça, estava com os pés e mão amarrados, além de um corte no pescoço e parte das roupas queimadas, supostamente, tentativa de carbonizar o corpo.

Jovem é torturado, executado a tiros e jogado em córrego de MT

A Polícia Militar (PM) foi comunicada sobre o encontro de cadáver, se deslocou à região e constatou a veracidade da denúncia. Em seguida, os militares acionaram a Polícia Civil e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

Os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado, sendo vários sinais de violência e tortura, inclusive com parte do braço da vítima, onde tem uma tatuagem com o dizer “Aparecida”, se soltando do corpo. O rapaz tinha ainda a data “1995” tatuado nos dedos. O cadáver ainda tinha um pano enfiado na boca e uma camiseta preta cobrindo a cabeça.

LEIA TAMBÉM:

Travesti é assassinada com tiros na cabeça no meio da rua

TRAGÉDIA: Menino de 14 anos sufoca sobrinha de sete anos até a morte e joga corpo em riacho

Neta de 14 anos entra em pânico ao encontrar corpo da avó

Mulher é morta a facadas no sofá de casa pelo ex-marido

Corpo com perfurações de faca é localizado em residência na zona rural de Machadinho D’Oeste

Pastor acusado de estupro contra 12 fiéis é preso

Ainda durante a perícia do local foram encontrados projéteis de arma de fogo calibres .380 e 9 mm, além de um frasco de álcool dentro do córrego.

Após os trabalhos no local, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde vai passar por exame de necropsia e papiloscopia, para identificação da vítima.

Os investigadores acompanharam todo o trabalho dos peritos, coletaram informações preliminares e agora aguardam laudo técnico, com a confirmação da identidade da vítima, para dar início à apuração dos fatos.

Embora o corpo não tenha sido identificado oficialmente, uma mulher procurou a Delegacia de Polícia Civil de Sinop para comunicar o desaparecimento do filho.

Fonte: Repórter MT

Roagora Fanpage

Comentarios