DestaquePolícia

Jogador de basquete esfaqueado e queimado vivo foi atraído em emboscada por casal de adolescentes, diz mãe

Jovem morreu na madrugada desta segunda-feira (16). Segundo a mãe da vítima, filho estava saindo com garota de 17 anos que namorava rapaz de 15 anos; os dois foram apreendidos e levados para Fundação Casa.

sexta-feira, 04/12/2020

O jogador de basquete que morreu após ser esfaqueado e queimado vivo em um parque ecológico em Piedade (SP) foi vítima de uma emboscada pela garota de 17 anos com quem estava saindo e o namorado dela, de 15 anos. As informações são da mãe do rapaz, Andréa Carvalho de Campos.

Samuel Rodrigues de Carvalho Campos, de 18 anos, foi atacado na tarde de sábado (14). A adolescente de 17 anos e outro adolescente, de 15 anos, foram levados à delegacia, onde confessaram o crime, segundo a polícia. Em seguida, foram encaminhados para a Fundação Casa.

Em entrevista à TV TEM, a mãe afirmou que foi a garota quem atraiu o filho para a emboscada no Parque Ecológico Collemar de Miranda Botto, no bairro do Poço.

O jovem chegou a ser socorrido e levado ao Hospital Regional, em Sorocaba, onde ficou internado, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a mãe, o filho levou mais de 30 facadas e teve o órgão genital queimado. “Eu sinto uma revolta. Meu filho era trabalhador, ele estudou muito. Tem inglês, informática, todo mundo conhece ele aqui [em Piedade]. Ele era esportista, não fumava, não bebia, não mexia com coisa ruim. Ele não merecia”, desabafa a mãe.

Andrea contou à TV TEM que a garota apreendida saiu algumas vezes com o filho dela e acredita que ela tinha relacionamento com o menor apreendido, que teria descoberto e planejado a vingança.

Um terceiro suspeito fugiu após o ataque, diz a mulher. A Polícia Civil investiga o caso e diz que o crime foi premeditado, já que uma mochila foi apreendida com duas facas e líquido inflamável.

A motivação ainda é desconhecida pela polícia e há suspeita de que mais uma pessoa tenha envolvimento no crime.

Jogador de basquete esfaqueado e queimado vivo foi atraído em emboscada por casal de adolescentes, diz mãe
Mãe de Samuel pede Justiça após crime em parque ecológico em Piedade — Foto: Thiago Ariosi/TV TEM

Ainda de acordo com a mãe, Samuel trabalhava em uma indústria têxtil em Votorantim, mas a paixão dele era o esporte.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar