ALE 01 09
GOV 970x250 16 12 - 2

Imagens de segurança mostram momento em que atirador feriu funcionários de conveniência

7 janeiro, 2022

Foram divulgadas as imagens da câmera de segurança da conveniência do posto de combustível onde ocorreu a dupla tentativa de homicídio na última terça-feira, 04, em Rolim de Moura.

Imagens de segurança mostram momento em que atirador feriu funcionários de conveniência

No vídeo, mostra o momento em que Josué e Weverton voltam às mesas, após terem ido para a parte externa da conveniência.

Weverton, vulgo “Novato”, desfere um tapa no rosto de Anderson Ricardo (funcionário) e logo em seguida o golpeia no braço utilizando um canivete. Neste momento, Vítor Henrique (também funcionário) tenta intervir, mas logo em seguida os dois trabalhadores foram atingidos pelos tiros efetuados por Josué (camiseta regata azul). Assista ao vídeo abaixo:

Não é possível ver nas imagens, mas logo em seguida a dupla se dirige ao veículo Gol para a fuga. Um PM de folga chega ao local e se depara com os dois e diante da recusa da ordem de parada e de que, Josué com arma em punho, fez menção em atirar, o militar efetuou disparos em direção ao carro.

A dupla conseguiu fugir, mas Josué foi encontrado morto durante a madrugada, próximo ao parque de exposições de Rolim de Moura. Já Weverton, foi localizado e preso pela Polícia Militar. Ele foi flagranteado pelo Delegado de plantão por dupla tentativa de homicídio. Durante o depoimento, ele disse que havia deixado Josué, baleado mas ainda com vida, na Rua Rondônia.

As vítimas, Anderson Ricardo e Vítor Henrique, passaram por cirurgias em uma unidade hospitalar de Cacoal e segundo as últimas informações, não correm risco de morte.

Caso Conveniência – Vídeo mostra momento da confusão em que funcionários foram baleados em Rolim de Moura

Anderson Ricardo (na cama) e Vítor Henrique ( em pé) se recuperam em Cacoal.

Entrevista Delegado Daniel Hoffmann

Ouça abaixo a entrevista concedida pelo Delegado Daniel Hoffmann concedida ao site Rolnews, onde ele da detalhes do ocorrido e do depoimento de Weverton.

Divergência no depoimento

Hoffmann diz que há uma divergência do depoimento de Weverton com o que disse o Instituto Médico Legal (IML). O tiro disparado pelo policial teria acertado Josué na região da cabeça e que a morte teria sido instantânea. Josué e Weverton já tinham passagens pela polícia.

Arma do crime

A arma utilizada por Josué é uma calibre 357, até fim da manhã desta quinta-feira, 06, não tinha sido localizada. Weverton teria ido até a casa do pai com a arma, o pai orientou que ele se apresentasse na delegacia.

Fonte: Alerta Rolim

Roagora Fanpage

Comentarios