Homem que matou esposa de 16 anos em assentamento é condenado à 17 anos de cadeia em Jaru

2 junho, 2022

O Tribunal do Júri condenou nesta quarta-feira (01) Jackson Rodrigues de Oliveira, pelo crime de feminicídio cometido contra sua esposa Ingridy Pereira dos Santos de 16 anos de idade, em 02 de maio de 2020.

Homem que matou esposa de 16 anos em assentamento é condenado à 17 anos de cadeia em Jaru

Após um dia de julgamento o juiz da Vara Criminal da Comarca de Jaru Dr. Alencar das Neves Brilhante   proferiu no final da tarde, a sentença de 17 anos de prisão a ser cumprido inicialmente em regime fechado.

Jackson, foi representado pelo defensor público Lucas Couto Santana, que defendeu circunstâncias atenuantes buscando a desqualificação do crime de femínicidio.

O momento mais tenso do julgamento ocorreu quando a mãe de Yngridy foi chamada para testemunhar, aos prantos e sob forte emoção, ela mal conseguiu falar, “gostaria que minha filha estivesse viva, quero justiça, ele não poderia ter tirado a vida da minha filha”, relatou a mãe.

O julgamento foi acompanhado pela Procuradora Especial da Mulher da Câmara de Jaru, juntamente com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher – COMDIM.

Ao final em conformidade a votação realizada pelo Conselho de Sentença, Dr. Alencar sentenciou o réu, que já responde ao crime, em regime fechado.

Fonte:  Jaru Online

Roagora Fanpage

Comentarios