GOV 01 09
ALE 01 09

Homem morre após ingerir camarão e ter reação alérgica em MT

8 julho, 2021

O publicitário José Roberto Figueiredo, 47, conhecido como ‘Robertão’, morreu na madrugada desta quinta-feira (8), após passar mal dentro de uma residência no condomínio Florais Cuiabá. Ele teria tido uma reação alérgica após comer comida japonesa.

Homem morre após ingerir camarão e ter reação alérgica em MT

De acordo com informações, os familiares relataram para os policiais que estavam realizando uma confraternização, quando José Roberto começou a passar mal depois de comer comida japonesa.

Ele teria ido até o banheiro de seu quarto, quando desmaiou. Após ouvir o barulho da queda, os parentes chamaram os seguranças do condomínio, que arrombaram a porta e o encontraram desacordado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado no local e fez as manobras de reanimação, mas sem sucesso. Foi constatado ainda que ele estava com uma lesão na cabeça, que pode ter sido provocada quando ele caiu.

A suspeita é de que José Roberto tenha tido uma forte reação alérgica a camarão.

LEIA TAMBÉM:

Criança era estuprada há quatro anos pelo amigo dos pais

Piloto que estava desaparecido na mata amazônica há quase 40 dias reencontra a família – Veja os vídeos

Secretário usa calcinha como máscara e brinca com mortos – veja o vídeo

Morre ator da novela Rebelde, colega lamenta perda

Homem é morto pelo cunhado após abusar de sobrinho

Acusado de matar menina para esconder abuso é preso em MT

Adolescente de 14 anos é assassinada pela amiga com tiro acidental em condomínio

Após discussão, mulher fica enfurecida e agride marido em Rondônia

Mulher que participou de decapitação de jovem é presa com drogas em Rondônia

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local e deu início os trabalhos de investigação.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para os exames de necropsia, para constatar a causa da morte do homem.

O caso é investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: Repórter MT

Roagora Fanpage

Comentarios