GOV 01 09
ALE 01 09

Homem é preso por plano de matar 3 mil pessoas, especialmente mulheres

23 julho, 2021

Um jovem de 21 anos, que se define como um “incel” (expressão formada pelas sílabas iniciais de “celibatário involuntário” em inglês) foi preso na quarta-feira (21/7) acusado de planejar matar cerca de 3 mil pessoas em Ohio (EUA). Ele definia o plano como um “grande objetivo”.

Homem é preso por plano de matar 3 mil pessoas, especialmente mulheres

Os alvos de Tres Genco eram as fraternidades universitárias, especialmente as compostas por mulheres. A polícia encontrou com ele uma metralhadora, cujo porte é ilegal. Pelo crime de ódio, Tres poderá ser condenado à prisão perpétua.

A comunidade “incel” é formada predominantemente por homens que nutrem raiva das mulheres. Membros do grupo, “procuram cometer violência em apoio à sua crença de que as mulheres lhes negam injustamente atenção sexual ou romântica à qual acreditam ter direito”, explicou um relatório policial do caso, segundo o site “Unilad”.

Acredita-se que Genco se juntou à comunidade incel no verão de 2019 e se tornou autor de postagens regular em um site popular do grupo de pelo menos julho de 2019 a março de 2020.

LEIA TAMBÉM:

Homem é morto a tiros após discussão de trabalho com colega

Jovem de 25 anos é executado com 7 tiros a queima-roupa em Vilhena

Motociclista menor de idade morre ao ser atingido por caminhonete na BR-364

Trabalhadores morrem retirando peixes de turbina em usina hidroelétrica

Três das quatro vítimas do trágico acidente na BR-364 são identificadas

Tio é suspeito de matar jovem de 20 anos com golpe de facão no pescoço

Acusado de matar esposa a facadas volta ao local do crime para buscar roupas e acaba preso

Jovem morre esmagada por caminhão boiadeiro em Porto Velho; veja o vídeo

Trabalhador tem a cabeça esmagada por ônibus; veja imagens

Trabalhador morre triturado em garimpo em MT

Tres teria forte influência do “incel” Elliot Rodger, que matou seis pessoas e feriu outras 14 em ataque a uma fraternidade da Universidade da Califórnia, em Santa Bárbara, em 2014. Elliot, de 22 anos, matou-se em seguida.

Além de suas postagens no site “incel”, Genco teria escrito um manifesto no qual detalhava que iria “massacrar mulheres” por “ódio, ciúme e vingança”. Foi durante esta investigação que a polícia descobriu que Genco, que havia feito treinamento militar em 2019, tinha “um grande objetivo” com “contagem de mortes de 3 mil”.

Fonte: Extra Globo

Roagora Fanpage

Comentarios