ALE 01 09
GOV 11 12

Homem é preso 6 dias após matar esposa e deixar criança dormindo ao lado do corpo da mãe

27 outubro, 2021

O suspeito de matar a esposa a facadas e deixar o corpo dela ao lado de uma criança de 5 anos foi preso nesta terça-feira (26) após se apresentar na delegacia de Ariquemes (RO). Eduardo Vieira Batista, de 35 anos, era procurado desde 20 de outubro, dia em que matou a mulher.

Homem é preso 6 dias após matar esposa e deixar criança dormindo ao lado do corpo da mãe

A vítima do feminicídio foi identificada como Rosmira Margarita Hurtado Perez, de 26 anos. Ela foi achada morta no colchão da sala, que estava todo ensanguentado.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito procurou a delegacia nesta terça-feira e decidiu se entregar espontaneamente seis dias após o crime. A Justiça também já havia expedido mandado de prisão contra Eduardo.

Em depoimento, o suspeito Eduardo contou que teria matado Rosmira por causa de ciúmes.

LEIA TAMBÉM:

Jovem tira a própria vida em Ji-Paraná; já é o terceiro suicídio em uma semana

Atacado a pauladas, homem é encontrado agonizando em frente de residência

Três motociclistas morrem em grave acidente na zona rural de Buritis, RO

Garoto flagra padrasto estuprando irmã de 9 anos e conta para mãe

Mãe salva o filho de 21 anos da morte e acaba executada com tiro na testa

Por ciúme e traição, marido mata suposto amante da esposa em MT; veja vídeo

Homem que matou ex-esposa a machadadas em Colorado do Oeste é preso

Jovem de 20 anos morre em acidente de trânsito em Alta Floresta

Professor da Unir é morto a marteladas pelo filho enquanto dormia

Mecânico de 31 anos é baleado e morto em MT; vítima ainda tentou pedir por ajuda

CRIME

O corpo de Rosmira estava na casa onde vivia com o companheiro, no bairro Setor 4. Eduardo fugiu após o crime. Ao lado do corpo de Rosmira estava o filho dela, de 5 anos, que foi encontrado dormindo no colchão ensanguentado.

O laudo da perícia apontou que Rosmira foi morta com vários golpes de facada no pescoço.

“Esse indivíduo levou a filha dele até a casa do pai e depois não foi mais visto. Ele informou ao pai que havia batido na ex-mulher”, contou o delegado Ricardo Rodrigues em entrevista à Rede Amazônica.

A criança foi levada pelo Conselho Tutelar a uma casa de acolhimento.

Fonte: G1

Roagora Fanpage

Comentarios