banner Api 01/05

Homem é executado a tiros e mulher fica ferida, mas morre ao dar entrada em Hospital

2 fevereiro, 2020

Morreu ontem à noite, no Hospital Regional de Vilhena, pouco depois de dar entrada na unidade, com um ferimento de bala na cabeça, uma mulher de 32 anos, identificada como Márcia de Paula Santos.

Segundo uma testemunha, que estava no local do crime, ouvida pela polícia, Márcia e um apenado usando tornozeleira eletrônica, identificado apenas como “Timbó”, estavam dentro de um apartamento no bairro Embratel, quando um homem usando capacete entrou no imóvel.

Ordenando que todos mantivessem as mãos na cabeça, o desconhecido disparou duas vezes na cabeça de Timbó, e deu um tiro também na cabeça de Márcia. Ele morreu na hora e ela foi levada ainda com vida para o HR, mas não resistiu aos ferimentos.

A testemunha contou que, após o tiroteio, escapou da morte escondendo-se num quarto, de onde ligou para a mãe de Márcia, que mora próximo da casa dela. O homem disse que conhecia Timbó havia pouco tempo.

A polícia foi acionada, fez buscas pela região onde aconteceu o homicídio, mas não conseguiu localizar o autor dos disparos fatais.

Fonte: Folha Do Sul

hqdefault - Pimenta Bueno recebe novos cursos de ensino superior

OBS: Somente os administradores poderão postar conteúdos.

Roagora Fanpage

Comentarios