Ale RO ate dia 7/04

Homem de 47 anos espancado até a morte em Vilhena já havia sobrevivido a ataque a facadas em 2019

30 novembro, 2020

Vítima de um crime violento registrado na noite de ontem, o homem de 47 anos, identificado como Valmir Adão, espancado até a morte durante uma briga bar, no bairro São José, em Vilhena, já havia escapado de uma tentativa de homicídio ocorrida no início de setembro de 2019, quando foi ferido a golpes de faca e internado em estado grave.

Na ocasião, Valmir também havia se envolvido em uma briga de bar, onde foi agredido por dois homens conhecidos como “Cabelo” e “Bode”, que desferiram várias facadas em seu peito. Porém, mesmo correndo risco de morte, o homem acabou escapando por pouco.

Mas, na noite de ontem, “Gibi”, como também era conhecido, não teve a mesma sorte ao iniciar uma discussão com um individuo de alcunha “Cacau”, que o espancou violentamente até a morte.

LEIA TAMBÉM:

Homem é brutalmente assassinado na porta de sua residência sem poder se defender em Ariquemes

Apesar de haver várias pessoas no local, ninguém quis dar detalhes sobre a identidade do assassino, nem dizer que tipo de objeto ele usou para  cometer o crime.

Valmir que morava em Vilhena havia muitos anos, era natural de Querencia do Norte/PR e sobrinho da ex-vereadora Doralice Mendes da Rocha.

Fonte: Folha do Sul

Grupo Roagora

Roagora Fanpage

Roagora Fanpage

Comentarios