DestaquePolíticaRondônia

Governador diz que será “voadeira no pescoço” de quem tiver crimes provados pela Operação Polígrafo

A manifestação de Marcos Rocha foi através de sua página no Facebook, onde parabenizou a Polícia Federal

domingo, 27/09/2020

O governador Marcos Rocha se manifestou sobre a operação Polígrafo, promovida pela Polícia Federal para investigar suposto esquema de corrupção em um contrato de compra de um lote de cem mil testes rápidos para COVID-19.

A manifestação de Marcos Rocha foi através de sua página no Facebook, onde parabenizou a Polícia Federal e afirmou que se algum esquema de corrupção for praticado por qualquer membro de sua gestão será “voadeira no pescoço”.

Ele também ressaltou que antes mesmo da Justiça autorizar os mandados de busca e apreensão já havia sido instaurado pelo próprio Governo de Rondônia um processo apuratório sob esse contrato que levou à empresa a receber multa de R$ 2.208.810,00.

LEIA TAMBÉM:

COMBATE À COVID-19: Contratações emergenciais transparentes garantem a Rondônia 1º lugar em classificação internacional durante a pandemia

“Há 30 dias atrás, seguindo uma ordem minha, o órgão de controle interno do governo já abriu processo apuratório com base na lei anticorrupção lei. N 12846/2013 (regulamentada no meu governo). O processo foi aberto dia 1/07/2020. Isso sem falar da multa que o Estado aplicou à empresa”, escreveu Marcos Rocha.

Segundo Rocha, todo o processo de aquisição dos testes foi fiscalizado e monitorado pelo TCE e MP, inclusive com notas técnicas que foram seguidas à risca.

Essa é a segunda vez que a Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão na SESAU durante o governo Marcos Rocha.

Confira a publicação:

Boa noite, Rondônia!— Esta semana está sendo de muitas bênçãos. Inaugurações, entregas de mais equipamentos, remédios…

Posted by Coronel Marcos Rocha on Thursday, July 30, 2020

Rondoniaovivo

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar