GOV 01 09
ALE 01 09

Garoto de 12 anos sofre graves queimaduras ao tentar pegar pipa em Vilhena

9 agosto, 2021

No último sábado, 07, um menino de 12 anos sofreu queimaduras graves nos membros inferiores e superiores quando brincava em um terreno baldio próximo à casa onde mora, no Residencial União, em Vilhena. Daniel Silva Rosa está internado no Hospital Regional de Vilhena com queimaduras de 2º grau nas pernas e braços.

Garoto de 12 anos sofre graves queimaduras ao tentar pegar pipa em Vilhena

O garoto contou a reportagem que viu uma pipa caindo no lote às margens da Linha 135, onde costumeiramente são despejados entulhos e que tantas vezes já foi denunciado nos mais diversos veículos de comunicação, sem que a população se conscientize e sem que o poder público tome providências. Assim, como é costumeiro o descarte de entulhos naquele local, também é comum a ocorrência de queimadas para “limpar” a área, tendo ocorrido uma recentemente.

De acordo com o relato do menino, quando ele se aproximou da pipa, o terreno afundou e ele caiu sobre brasas que queimaram seus pés e pernas. Na ânsia por sair dali, o menino usou as mãos para se apoiar, sofrendo queimaduras também nelas e nos braços.

LEIA TAMBÉM:

Criança de 3 anos é encontrada morta na casa de vizinha

Pai, filho e tio morrem afogados durante pescaria

Casal e bebê morrem após ônibus capotar na BR-070

Motorista acende cigarro após passar álcool em gel nas mãos e incendeia carro

TRAGÉDIA! Garoto de 18 anos morre afogado ao cair de barco no Rio Urupá, em Ji-Paraná

Marido é surrado por populares após atacar esposa de 14 anos

Adolescente de 16 anos mete a facada na própria mãe

Policial penal tenta matar homem que urinava em terreno baldio

Criança de 11 anos morre atropelada enquanto voltava da escola

Jovem é encontrado morto com as tripas para fora e o pênis arrancado; cenas fortíssimas

De acordo com a mãe, Valdineia da Silva Tomaszeski, um senhor que trabalha com recicláveis ajudou o menino a sair do local e a avó do garoto, com ajuda de um vizinho, o levou para o Hospital Regional.

A mãe disse acreditar que as queimaduras nos pés somente não foram piores porque Daniel estava de tênis. Ela também afirmou que a ajuda que o menino recebeu do senhor para sair daquele local foi o que o salvou.

Valdineia afirmou que vai registrar uma ocorrência na polícia, na esperança de que providencias sejam tomadas.

Fonte: Folha do Sul

Roagora Fanpage

Comentarios