GOV 01 09
ALE 01 09

Filho de 4 anos reclama de dor no ânus e mãe descobre estupro

1 maio, 2021

Um menino de apenas 4 anos foi estuprado por um ‘amigo da família’ na madrugada desta sexta-feira (30) e deu entrada na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Morada do Ouro, em Cuiabá, com sangramento na região anal e reclamando de dores no ‘bumbum’. A Polícia Militar (PM) foi acionada na unidade de saúde, onde a mãe da criança relatou os fatos.

Filho de 4 anos reclama de dor no ânus e mãe descobre estupro

Segundo a testemunha, um ‘amigo’ de inteira confiança dormia na casa deles e dividiu a cama com o filho. No entanto, já na madrugada, ela ouviu a criança gritar.

Ela foi no quarto ver o que tinha acontecido, encontrou a ‘visita dormindo’ e o menino reclamando de dor no ‘bumbum’. Quando foi verificar viu que o filho estava sangrando.

A mãe do menino começou uma briga com o acusado, que tentou negar e disse que iria fumar do lado de fora da casa, mas quando ela foi procurá-lo novamente ele tinha ‘desaparecido’.

A testemunha pegou o filho e correu para a UPA, onde a criança recebeu cuidados médicos.

Diante dos fatos a Polícia Militar, que tinha a identificação do estuprador, saiu em patrulhamento, mas não conseguiu encontrá-lo.

A mulher e a criança foram encaminhadas à Delegacia Especializada na Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (DEDDICA), onde denunciaram o crime.

LEIA TAMBÉM:

Policial rodoviário federal que atuou em Rondônia é morto a tiros em Pernambuco

DOENTIO: Boliviano recebe ajuda de família, ganha confiança e abusa de menina de 7 anos

‘Não aguento mais ouvir choro desse bebê’, diz marido que surrou esposa

Artista negro é assassinado por policial branco e caso gera mais uma onda de revolta no país

Mulher é morta com 23 facadas na frente dos filhos

Homem é preso suspeito de abusar de enteada de 1 ano e 8 meses

Filho mata a mãe a marteladas e diz à polícia que obedeceu a “vozes”

Mãe joga água quente no filho por ele tomar todo o achocolatado

Em São Francisco do Guaporé, tio é suspeito de estupro de sobrinha de 10 anos

Filho mata pai por não querer cortar cabelo para se apresentar no Exército

Fonte: Repórter MT

Roagora Fanpage

Comentarios