DestaquePolíticaRondônia

Expedito Junior e Marcos Rogério preparam a maior Convenção da Eleição 2018

Dirigentes e filiados do PSDB, PSD e DEM estão trabalhando em cima de detalhes para a grande festa que será realizada no próximo domingo (5), quando em convenção regional conjunta, no ginásio coberto da Faculdade FIMCA, no horário das 8h às 13h, em Porto Velho, vão homologar os nomes do ex-senador Expedito Junior como candidato ao governo e do deputado federal Marcos Rogério ao Senado.

Além dos três partidos que já definiram a caminhada juntos, dirigentes de outras siglas continuam conversando com Expedito Junior e Marcos Rogério e deverão participar da festa democrática para a formação de nominatas à Câmara Federal e à Assembleia Legislativa, além de debater sobre as vagas de vice-governador e uma ao Senado que ainda estão em aberto.

As lideranças partidárias querem dar uma grande demonstração de união e coesão em torno dos nomes de Expedito Junior e Marcos Rogério. A convenção será transmitida em tempo real por meio de telões, além de interpretação por libras para deficientes auditivos.

Desde o último fim de semana, tanto Expedito Junior, quanto sua esposa Val Ferreira, Marcos Rogério, a presidente regional do PSDB, deputada Mariana e o deputado federal Expedito Neto vêm divulgando vídeos nas redes sociais, convidando a população a participar da convenção. São vídeos que viralizaram e estão com milhares de curtidas e compartilhamentos, demonstrando a aceitação da chapa junto ao eleitorado rondoniense.

Expedito Gonçalves Ferreira Junior nasceu em Guararapes (SP), a 10 de junho de 1963. Foi vereador em Rolim de Moura de 84 a 86, deputado federal por três mandatos (1987, 1995-1998 e 1999-2003), tendo sido o mais jovem deputado constituinte do Brasil e senador de 2007 a 2009.

Em 2009 o então senador Expedito Junior figurou na seleta lista da ONG Transparência Brasil, organismo independente que exerce fiscalização sobre o parlamente brasileiro, entre os senadores que apresentaram projetos mais relevantes. Expedito retirou da gaveta e colocou em tramitação o projeto de transposição dos servidores do extinto território federal, retomou a discussão em torno da dívida do antigo Beron e um especialmente que repercutiu em todo o país, que foi a regulamentação da profissão de mototaxista.

Marcos Rogério da Silva Brito, 39 anos, nasceu em Ji-Paraná. Filho de agricultores, atuou na imprensa por mais de 12 anos. Foi repórter de TV e radialista. Graduado em Direito pela Universidade Luterana do Brasil (CEULJI/ULBRA), e mestrando em Administração Pública (IDP), Marcos Rogério foi vereador em Ji-Paraná e eleito e diplomado deputado federal nas eleições de 2010, pelo PDT. Atualmente é vice-líder do Democratas e presidente do diretório regional, ao qual é filiado desde 2016.

Foi relator do processo de cassação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. É cristão evangélico, membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus.

Fonte: Folha Vilhenense

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Close