api 01 05
Ale 09-06 02

Ex-morador de Rondônia que havia se mudado para Mato Grosso é assassinado a tiros

28 junho, 2021

O motorista de transporte por aplicativo Adilson Ferreira Machado, 42 anos, foi encontrado morto com tiros na cabeça, costas e mão, na madrugada de segunda-feira (28), em uma estrada de chão nas proximidades do rio Cuiabá, no bairro Vitória Régia, em Várzea Grande (MT).

Ex-morador de Rondônia que havia se mudado para Mato Grosso é assassinado a tiros

A vítima foi encontrada pelo irmão, que passou a procurar por ele após ver que a casa da vítima estava revirada e tinha manchas de sangue.

A Polícia Militar (PM) atendeu à ocorrência e comunicou o fato à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

A testemunha relatou que, ao chegar em casa, no bairro Fronteira, encontrou o imóvel todo revirado e com manchas de sangue. Como o irmão não estava em casa, ligou para ele imediatamente, porém, Adilson não atendeu mesmo com status de online no WhatsApp.

Muito preocupado, o irmão conseguiu rastrear o telefone da vítima, que apontava localização nas proximidades de uma ponte no final do bairro Vitória Régia. Ele comunicou à PM para que o acompanhasse até à região, porém, nada foi encontrado.

LEIA TAMBÉM:

Irmãos de 14 e 17 anos são as outras duas vítimas do acidente fatal na RO-133 em Machadinho

Ciclista morre vítima de grave atropelamento em Porto Velho

Cenas fortes: ‘Tribunal do Crime’ condena com choque e pauladas idosa que roubava vizinhas

Dívida de R$ 100 teria sido a causa da morte de um homem em Alto Paraíso, RO

Filho mata mãe com martelo, garfo e faca após “ouvir a voz do satanás”

Mulher é morta a tiros e homem é baleado por dupla em Ji-Paraná

Adolescente é executado a tiros em Presidente Médici

Homem é encontrado morto em Ji-Paraná com perfurações de arma de fogo

Homem que teve pernas esmagadas morre durante madrugada em Ji-Paraná

O irmão não desistiu e voltou sozinho ao local para fazer novas buscas, momento em que entrou na estrada de chão e viu Adilson morto, próximo ao rio, com diversas perfurações de arma de fogo pelo corpo.

À PM, a testemunha ressaltou que ele e o irmão são de Rondônia e se mudaram para a cidade para trabalharem como motoristas de aplicativo. Segundo apurou o site, os dois irmãos eram moradores de Outro Preto do Oeste, cidade da região central de Rondônia.

Os peritos realizaram os trabalhos de análise do corpo e da região, para coletar evidências que ajudem a determinar as circunstâncias dos fatos e identificar os assassinos.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia.

Ainda não há informações oficiais sobre a identidade dos possíveis assassinos e motivação para o crime.

O caso segue em investigação.

Fonte: Folha do Sul

Roagora Fanpage

Comentarios