DestaqueDestaque VilhenaPolíciaVilhena

Detentos do Comando Vermelho fogem de presídio em Vilhena; um deles é considerado de alta periculosidade

Um dos fugitivos, Alife Eduardo Alves de Oliveira, apesar de jovem, é considerado de alta periculosidade.

O FOLHA DO SUL ON LINE confirmou, junto a um agente penitenciário. Que três detentos do presídio Cone Sul, instalado nos arredores da zona urbana de Vilhena. Conseguiram escapar da unidade na madrugada deste sábado, 05.

Um dos fugitivos, Alife Eduardo Alves de Oliveira, apesar de jovem, é considerado de alta periculosidade.

Para tentar recapturar os foragidos, policiais estão fazendo abordando carros, motos e até bicicletas nas rodovias e que cortam a cidade e vasculhando a região de mata nas proximidades do próprio presídio.

Veja mais Cantor Sertanejo morre em grave acidente de moto

De acordo com informações obtidas pelo site, e com base nas imagens feitas após a fuga, os detentos, que dizem pertencer à facção criminosa Comando Vermelho, conseguiram quebrar uma das grades da cela em que estavam. Eles improvisaram um torniquete, usando lençóis e peças de roupa, para torcer o metal (veja nas imagens secundárias).

O agente entrevistado disse que, após arrancar a barra de ferro, os detentos costumam tirar as roupas e passar sabão no corpo, a fim de facilitar a saída pelas frestas. A própria polícia acredita que os três marginais tenham saído do presídio apenas de cuecas.

Clique nas fotos abaixo, veja os outros foragidos e as roupas deixadas por eles no presídio.

Detentos do Comando Vermelho fogem de presídio em Vilhena; um deles é considerado de alta periculosidade Detentos do Comando Vermelho fogem de presídio em Vilhena; um deles é considerado de alta periculosidade Detentos do Comando Vermelho fogem de presídio em Vilhena; um deles é considerado de alta periculosidade Detentos do Comando Vermelho fogem de presídio em Vilhena; um deles é considerado de alta periculosidade Detentos do Comando Vermelho fogem de presídio em Vilhena; um deles é considerado de alta periculosidade

Fonte: Folha do Sul

 

Artigos relacionados

Sua opinião é muito relevante para nós do site Roagora

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: