DestaquePolíciaPorto Velho

Delegado mantém preso motorista que atropelou e matou picolezeiro na BR-364 em Rondônia

O local da colisão foi na faixa de pedestre, por onde o vendedor de picolé pretendia fazer a travessia da rodovia.

terça-feira, 01/12/2020

“Sem fiança”! Após ouvir os policiais rodoviários federais que efetuaram a prisão e testemunhas, acrescido ao fato que o conduzido estava sem Carteira Nacional de Habilitação – CNH e sob a influência de bebida alcoólica, o Delegado de Polícia Civil da Divisão de Flagrantes desta capital, Silvio Stanley Talhari, determinou a lavratura do Auto de Prisão Em Flagrante Delito em desfavor do conduzido H.E.B.J., 20 anos, pelos crimes de Homicídio culposo no trânsito majorado pela falta da permissão para dirigir ou carteira de habilitação e por praticá-lo sobre a faixa de pedestres e qualificado pela embriaguez alcoólica na direção, pelo atropelamento que levou a óbito um vendedor de picolé na noite de ontem, quando atravessava a faixa de pedestre, na BR 364 em Porto Velho-RO.(Relembre Aqui)

O local da colisão foi na faixa de pedestre, por onde o vendedor de picolé pretendia fazer a travessia da rodovia. O carro de picolé ficou totalmente destruído no local e, de acordo com a amarração feita pela equipe da Polícia Rodoviária Federal, a vítima foi arremessada a uma distância de 40 metros. A vítima não portava documentos no momento do atropelamento, mas o Instituto de Identificação Civil e Criminal já iniciou o trabalho de identificação papiloscópica do mesmo.

LEIA TAMBÉM:

Conheça quem são as vítimas do trágico acidente que envolveu 22 veículos e deixou oito mortos na BR-277

O conduzido foi encaminhando ao Sistema Prisional, onde permanecerá a disposição da justiça.

Fonte: PVH Noticias

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar