GOV 01 09
ALE 01 09

Corpo de homem é encontrado sem cabeça em margens de rio no MT

14 fevereiro, 2021

Um corpo de um homem foi encontrado nas margens do rio Teles Pires ontem (13) por um pescador, a localização foi debaixo de uma árvore.

A polícia acredita que o corpo é de Elenilton Viana  Sousa, 18 anos, que teria sido torturado e depois executado a tiros no dia 20 de janeiro.

Elenilton Viana  na época teria sido torturado, baleado  e jogado  no rio Teles Pires, região do Salto Magessi, na comunidade de Boa Esperança do Norte.

Todo crime foi presenciado por uma segunda pessoa, um amigo da vítima, que acabou se salvando  ao pular no rio.

Corpo de homem é encontrado sem cabeça em margens de rio no MT

O corpo do jovem foi encontrado por uma pessoa que pescava na região, o corpo estava em estado de decomposição e sem alguns membros do corpo, entre eles a cabeça, que  não foi localizada.

Na época após o crime, equipe de resgate dos Bombeiros Militar fez buscas, mas a vítima não foi encontrada, a polícia teve conhecimento do fato após o amigo ter procurado o destacamento da Polícia Militar e narrar  o fato.

LEIA TAMBÉM:

Irmãos matam padrasto com tiro na nuca e escondem corpo em ‘lixão’

Amigo encontra corpo de idoso no quintal de casa em Vilhena

Homem é morto a facadas após discussão no Bairro Jardim das Oliveiras em Pimenta Bueno

Estudo no Brasil constata infecção simultânea por duas linhagens do Coronavírus

O sobrevivente disse que teria saído com o amigo para encontrar uma mulher, no local combinado que esperava a dupla eram três homens que acabaram imobilizando as vítimas, amordaçados e foram levados para uma residência.

Na casa eles foram agredidos, os criminosos usavam uma faca em suas orelhas e dedos e diziam que iriam cortar.

O jovem que sobreviveu disse à polícia que antes do fato ele teria postado um vídeo nas redes sociais de apologia a uma facção criminosa, o que pode levar a crer que outra facção cometeu o crime.

Após as torturas no outro dia, os dois foram levados ao rio Teles Pires, um dos jovens foi colocado de joelhos e, em seguida, executado e teve o corpo jogado nas águas, o amigo que alega ter sobrevivido teria visto tudo, quando os criminosos voltaram para matar ele, perto das margens do rio ele se jogou e foi levado pela correnteza conseguiu desamarrar e buscar ajuda.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (POLITEC) esteve no local periciando o cadáver, e em breve ela deve apontar  se é ou não a vítima Elenilton Viana  Sousa, a Polícia Civil acredita que seja ele, pois o corpo foi encontrado na mesma região do fato no dia (20) de janeiro.

Fonte: TERRA MT DIGITAL – Joatan de Souza

Roagora Fanpage

Comentarios