DestaqueDestaque VilhenaPolíciaVilhena

Consumidor denuncia suposta venda de combustível adulterdo em Vilhena

Apesar de norma da ANP, poucos consumidores solicitam avaliação no posto

Um posto de combustível situado na BR-174, em Vilhena, foi denunciado na Polícia Civil por supostamente vender combustível adulterado. A queixa é de um consumidor de 54 anos. Ele diz que após abastecer sua Hilux com diesel e percorrer 20 km o veículo parou de funcionar. A denúncia foi feita neste domingo (21) na Unisp.

O consumidor ainda disse que precisou de ajuda de um mecânico e que foi encontrada água misturada ao combustível. O caso deverá ser apurado.

CLIENTE PODE EXIGIR TESTE DE COMBUSTÍVEL

Uma prática pouco comum entre os consumidores é a de exigir teste de combustível. De acordo com a portaria 248/2000, da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o posto é obrigado a realizar determinadas análises sempre que o cliente quiser, e na frente dele.

No caso da gasolina, o consumidor pode pedir para verificar o aspecto visual do combustível que precisa estar límpido e variar de incolor a amarelo, e solicitar exames da densidade relativa e do teor de álcool anidro (que deve ser de 25%, com margem de tolerância de 1 ponto percentual para cima ou para baixo).

Apesar de norma da Agência Nacional do Petróleo (ANP), poucos consumidores solicitam avaliação no posto.

Fonte: Vilhena Noticias

hqdefault - Flamengo vence o Al-Hilal e vai à final do Mundial de Clubes

OBS: Somente os administradores poderão postar conteúdos.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar