GOV 01 09
ALE 01 09

Com oração, militares impedem mulher de pular de ponte

17 julho, 2020

RIO BRANCO -AC Uma mulher de 26 anos desistiu de se jogar da terceira ponte de Rio Branco, localizada na Via Verde, na tarde desta sexta-feira (17). Uma ação conjunta entre Corpo de Bombeiros, policiais militares e socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) conseguiu impedir que a jovem pulasse. O motivo da ocorrência seria passional. A mulher, de acordo com o Corpo de Bombeiros, estaria passando por problemas de cunho amoroso e em situação de desespero.

A situação ocorreu entre o meio-dia e às 13 horas. Toda a ação dos militares, desde o início até o fim da operação que salvou a jovem, durou pouco mais de 40 minutos. “Pela altura considerável, sem a previsão de cair na água, seria um óbito certo”, explicou o porta-voz dos bombeiros, Major Cláudio Falcão.

LEIA TAMBÉM:

Para salvar a jovem, os militares encontraram um momento oportuno quando começaram a falar de Deus. “Após a oração, um bombeiro conseguiu alcançar o braço dela e o segundo bombeiro conseguiu fazer a intervenção direta, impedindo que essa jovem se jogasse”, revela o Major.

O sucesso da operação impediu que a mulher entrasse para as estatísticas de cometimento de suicídio, que segundo o Corpo de Bombeiros no Acre, teve um aumento considerável neste momento de pandemia do coronavírus. No último dia 11 de julho, um idoso de 64 anos pulou da ponte Coronel Sebastião Dantas (Ponte Nova), que liga o segundo distrito com o centro de Rio Branco. Na ocasião, a vítima teria chegado ao local de bicicleta e antes de pular, teria ligado para familiares afirmando que tiraria a própria vida. Ele caiu às margens do rio Acre e faleceu.

Fonte: Ac24horas

Roagora Fanpage

Comentarios