BANNER GOVERNO

Bill Gates vai doar 250 milhões de dólares para combater a Covid-19

10 dezembro, 2020

Bill Gates e a mulher, Melinda, vão doar, através da Fundação a que ambos dão o nome, 250 milhões de dólares adicionais – cerca de 1,3 bilhão de reais – para o combate à pandemia da Covid-19. O anúncio foi feito esta quinta-feira (10) e o valor será usado para apoiar a inovação contínua de testes, tratamentos e vacinas, assim como num melhor método de distribuição seguro e equitativo, cita a Forbes.

Uma parte destes fundos destina-se à distribuição de vacinas em regiões da África subsaariana e no sul da Ásia.

Melinda Gates afirmou que “estamos confiantes de que o mundo ficará melhor em 2021, mas, ficar melhor para todos depende das ações dos líderes mundiais e do seu compromisso em fornecer testes, tratamentos e vacinas” a quem destes precisam, não olhando a “onde vivem ou quanto dinheiro têm”.

Já o coordenador na África da Fundação Gates para a resposta à pandemia de Covid-19, Solomon Zewdu, anunciou hoje que uma parte do financiamento anunciado contribuirá para apoiar os esforços para fazer chegar as vacinas a cerca de 780 milhões de pessoas no continente.

Vale lembrar que Bill Gates, co-fundador da Microsoft, antecipou que oregresso à normalidade nosEUApoderá acontecer na primavera de 2021. A expectativa do empresário foi revelada durante uma entrevista ao programa Today naNBC, na quinta-feira da semana passada. “Os próximos quatro ou cinco meses parecem bastante sombrios, a não ser que possamos reforçar o nosso comportamento”, disse sobre manter o isolamento social.

LEIA TAMBÉM:

Nasa detecta 150 ‘objetos voadores não identificados’ na órbita terrestre

2020 deve encerrar como um dos três anos mais quentes da história

Guedes diz que governo apresentará nova meta fiscal para 2021, como quer o TCU

No mês passado, o filantropo deu uma entrevista ao The New York Times (viaBusiness Insider) onde aproveitou pararefletirem algumas das mudanças operadas pelapandemiadeCovid-19. Para Gates, há certosaspectosda vida empandemiaque vieram para ficar.

“A minha previsão é de que mais de 50% das viagens de negócios e mais de 30% de dias no escritório se vão embora”, apontou Gates, indicando que as reuniões à distânciavia serviços devideochamadasão algo que se manterá.

Fonte:  NOTÍCIAS AO MINUTO

Roagora Fanpage

Comentarios