Energisa
GOV RO RURAL 970x250 01 05

Bebê que faria 1 mês hoje, morre em grave acidente na RO-470

14 fevereiro, 2022

O acidente registrado neste domingo (13) no interior de Rondônia que ceifou duas vidas aconteceu por volta de 16hs na rodovia estadual 470, no Km 18, entre os municípios de Ouro Preto do Oeste e Vale do Paraíso.

Bebê que faria 1 mês hoje, morre em grave acidente na RO-470

Obs: a imagem da recêm-nascida é de arquivo de família e a publicação foi autorizada pelo pai.

A motocicleta Honda Titan de cor vermelha conduzida por Gabriel Almeida Silva, que residia em Ouro Preto do Oeste, no Jardim Aeroporto, se chocou contra a traseira de outra moto Honda bros azul onde viajavam o jovem produtor Guilherme Pazini Croscopp, de 25 anos, sua esposa Jaqueline Tainara de Souza, 26 anos, e bebezinha Iarah Souza Crospopp, que nasceu no dia 14 de janeiro e completaria nesta segunda-feira 1 mês de vida.

Diferente da publicação de ontem, dando conta que houve “choque frontal” não confere com a dinâmica do que ocorreu na RO-470, também conhecida por Linha 200, perímetro rural do município de Vale do Paraíso. A moto que colidiu estava em alta velocidade, a frente do veículo onde houve o choque ficou bastante avariada.

O perito da Politec Flávio Ricardo da Silva esteve na cena do acidente e o laudo da perícia realizada no local irá determinar como houve a colisão das motos que causou a tragédia com dois óbitos.

A Polícia Militar foi acionada no local, o jovem já estava sem vida e a recém-nascida tinha sido levada por uma moradora para Ouro Preto do Oeste, e ela chegou ao Hospital Municipal desesperada e pedindo ajuda para o socorro a bebê, que faleceu pouco depois. Os pais da recém-nascida foram socorridos por ambulância do HM, segundo informou a Polícia Militar.

O recém-nascido quebrou o pescoço, e sua mãe sofreu suspeita de fratura no fêmur segundo informa uma irmã, por áudio. O jovem morto, filho do professor Delisio Fernandes, era mecânico de uma oficina de motos na Duque de Caxias bastante popular na cidade.

O casal reside na Linha 199, km 24, gleba 25, região rural do município de Vale do Paraíso, numa casa construída recentemente com muito esforço pelos dois que viviam um momento muito feliz de suas vidas, interrompido pela tragédia que se abateu sobre toda a família e também à família do jovem motociclista. Guilherme, com a esposa e a bebê, tinha como destino a casa de sua sogra, onde ele iria fazer um trabalho nesta segunda-feira.

Após a publicação sobre o acidente de ontem, a editoria do site Correio Central recebeu inúmeras mensagens de áudio e texto, inclusive de policiais de folga, relatando do aumento na aglomeração de grupos de jovens em motocicletas em trechos do eixo da RO-470 tanto no sentido para Vale do Paraíso como para Nova União e Mirante da Serra; sitiantes relataram de rachas e manobras perigosas na pista da RO-473, entre a BR-364 e os municípios de Teixeirópolis e Urupá.

Fonte: Correio Central RO

Roagora Fanpage

Comentarios