GOV 01 09
ALE 01 09

Após 6 anos, mãe descobre que filhos eram estuprados pelo padrasto

14 outubro, 2021

Após seis anos, uma mulher descobriu que os dois filhos eram estuprados pelo padrasto em Campo Grande. Os crimes ocorreram entre 2013 e 2015, mas as vítimas só se encorajaram a contar para a mãe nesta semana. O caso foi registrado nesta quarta-feira (13), na Depca (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) e será investigado.

Após 6 anos, mãe descobre que filhos eram estuprados pelo padrasto

De acordo com apurado pelo site, o adolescente de 15 anos se encorajou e contou para a irmã, que atualmente mora no Paraná, sobre o estupro. A jovem, já maior de idade, viajou até a Capital e revelou para a mãe que, além do irmão, ela também foi vítima de abusos sexuais pelo padrasto, quando criança.

O menino revelou que os crimes ocorreram entre 2013, quando tinha 6 anos, até 2015, quando completou 9. O padrasto, que não teve nome nem idade divulgados, aproveitava que a mulher trabalhava fora e estudava a noite, para cometer os abusos.

LEIA TAMBÉM:

Imagens fortes: Vendedora é assassinada no seu primeiro dia de trabalho

Acidente entre carretas no Mato Grosso mata dois motoristas; um deles morava em cidade de Rondônia

Amarrado e pronto para ser morto, PM é resgatado das mãos de facção por colegas de farda

Com cofres cheios, Flamengo ameaça concretizar hegemonia no futebol

Caminhão capota e quatro funcionários de empreiteira morrem

Caseiro é sequestrado em fazenda, torturado e executado com mais de 10 tiros

Carreta atropela e mata ‘engenheiro da computação’ de 24 anos na BR 174

Idoso de 85 anos se aproveita da fome de criança de 10 anos para estuprá-la

Homem é acusado de ter mantido relações sexuais com a própria filha

Avó de 77 anos, filhos e netos são presos por estupro de primas e sobrinhas

A mulher se separou do suspeito em 2015, ainda sem saber dos crimes. Ela tem duas filhas com o homem, de 7 e 11 anos, que também serão atendidas pelo setor psicossocial da Depca. O caso foi registrado como estupro de vulnerável e será apurado.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados, a fim de preservar a identidade das vítimas.

Fonte: Campo Grande News

Roagora Fanpage

Comentarios